Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

bookshelf

O Kitsch

O Kitsch

A arte da felicidade

Abraham Moles

Debates

Perspectiva, São Paulo; 5ª edição, 2007
translator: Sergio Miceli

edition: português
paperback
240 p
11,5 x 20,5 x 1 cm
250 g
ISBN 978-85-2730-252-4

(teoria da comunicação, comunicação visual)

O Kitsch

about the book

O Kitsch é sem dúvida um livro fundamental para a compreensão de um sistema estético de comunicação de massa. O termo em seu sentido moderno surgiu em Munique por volta de 1860. Apesar de se constituir em um fenômeno social de grande envergadura, na consciência das línguas latinas, permanece de forma latente por falta de um vocábulo próprio que o designe. Abraham Moles, bastante conhecido do leitor brasileiro, propõe-se à análise de kitsch através de um método semântico-integrador: parte de diversas acepções do termo para inserir em um amplo quadro sociocultural este estilo-marcado-pela-ausência-de-estilo, que cada vez mais caracteriza o modo de vida da sociedade afluente.

about the author

Abraham Moles
Foi engenheiro elétrico e acústico francês. Doutor em física e filosofia, foi professor de sociologia, psicologia, comunicação, design na Hochschule für Gestaltung d'Ulm e nas universidades de Estrasburgo, San Diego, México e Compiègne.

how to quote

MOLES, Abraham. O Kitsch. A arte da felicidade. Debates, volume 68. 5ª edição, São Paulo, Perspectiva, 2007.

comments

magazines

newspaper


© 2000–2019 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided