Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

architectourism ISSN 1982-9930

Praia de Copacabana, Rio de Janeiro. Foto Victor Hugo Mori

abstracts

português
Masdar City, a "cidade -laboratório" do Instituto Masdar de Ciência e Tecnologia, projetada para ser um experimento de sustentabilidade urbana, se implanta a passos lentos e com limitadas possibilidades de replicação para escalas maiores.

english
Masdar City, the laboratory-city developed by Masdar Institute of Science and Technology, designed to be a urban sustainability experiment, is deployed at slow steps and with limitided possibilities of replication at larges scales.

español
Masdar City, la ciudad-laboratorio del Instituto Masdar de Ciencia y Tecnología, diseñada para ser un experimento de sostenibilidad urbana, se implanta a un ritmo más lento y con pocas posibilidades replicación en escalas mayores.


how to quote

JATOBÁ, Sergio. Masdar City. Experimento de sustentabilidade urbana na cidade insustentável. Arquiteturismo, São Paulo, ano 11, n. 123.03, Vitruvius, jun. 2017 <http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquiteturismo/11.123/6574>.


Em outubro de 2016 visitei Masdar City, a "cidade sustentável-laboratório" do Instituto Masdar de Ciência e Tecnologia, em Abu Dhabi. Projetada pelo renomado escritório Foster + Partners, para ser um experimento real de urbanismo sustentável, ela é uma cidade compacta, com desenho inspirado nas cidades medievais: ruas estreitas, edifícios baixos de quatro pavimentos e nenhum automóvel.

Masdar City, Emirados Árabes Unidos. Escritório Foster and Partners
Foto Sérgio Jatobá

Todo o deslocamento se faz por meio de pequenos veículos não motorizados – uma espécie de metrô do futuro, que se locomove exclusivamente no subsolo. Toda a energia consumida provém de fontes sustentáveis e a cidade é totalmente autossuficiente no aspecto energético. Uma torre eólica de 45 metros, além de refrigerar ruas e edifícios de forma natural, informa o quanto de energia é consumida no momento; há um gigantesco parque de painéis solares ao lado da cidade que geram 10 MW de energia e células fotovoltaicas foram instaladas na cobertura dos edifícios, dentre outros projetos tecnológicos operando ou em implantação. A morfologia urbana foi pensada para economizar energia e os edifícios projetam sombra sobre as ruas, reduzindo o gasto energético e o insuportável calor do deserto, que impede uma permanência prazeirosa nos espaços públicos das cidades dos Emirados Árabes.

Masdar City, Emirados Árabes Unidos. Escritório Foster and Partners
Foto Sérgio Jatobá

Aparentemente é um experimento exitoso e não se pode dizer que não seja interessante e um alento para o urbanismo sustentável. A sua escala de aplicação, nessa primeira fase de implantação, no entanto, ainda é insuficiente para saber se funcionará da mesma forma em grandes dimensões urbanas. Na verdade, no seu formato atual, Masdar City se parece mais com uma pequena cidade universitária compacta, mesclando edifícios residenciais e acadêmicos. Não chega sequer a ser um bairro. Neste sentido, vale como experimento de sustentabilidade urbana, mas sua replicação em uma escala urbana de tamanho considerável ainda estar por se realizar. Mais ainda, se considerarmos o paradoxal fato deste experimento estar localizado em Abu Dhabi, uma cidade que poderia ser considerada o exemplo de cidade insustentável.

Masdar City, Emirados Árabes Unidos. Escritório Foster and Partners
Foto Sérgio Jatobá

Abu Dhabi é uma cidade muito dispersa, fortemente rodoviarista, com mobilidade baseada praticamente só no automóvel (do tipo SUV, altamente consumidor de combustíveis fósseis, pois a gasolina é farta e barata), com poucos espaços públicos (o clima muito quente não convida ao seu uso) e vida urbana quase que exclusivamente restrita a espaços interiores climatizados, também altamente consumidores de energia não sustentável. Há edifícios com arquitetura high tech que pretendem promover um marketing urbano de urbanização futurista, mas, de fato, o que há é um espaço urbano muito discontituído, fragmentado e desconexo. A vida urbana não ocorre nas ruas, mas dentro dos shopping centers e dos muitos automóveis que ocupam suas largas avenidas.

Masdar City, Emirados Árabes Unidos. Escritório Foster and Partners
Foto Sérgio Jatobá

Masdar City pretende ser o contrário de Abu Dhabi e também da vizinha Dubai, propondo um ambiente amigável ao usufruto do espaço urbano e condizente com os requisitos de sustentabilidade exigidos para um mundo urbano no qual menos será mais. Contrariando a tendência megalômana destas duas cidades,  Masdar City parece ser a verdadeira cidade futurista. Os sheiks dos Emirados Árabes talvez saibam disto, senão não investiriam sigficativos recursos na sua implantação experimental. Contudo, as insustentáveis megas estruturas urbanas, que continuam a surgir nas cidades dos Emirados e em outras grandes metrópoles, parecem entusiasmar mais aos grandes investidores do a necessidade de colocar em prática os ensinamentos de Masdar City.

Masdar City, Emirados Árabes Unidos. Escritório Foster and Partners
Foto Sérgio Jatobá

sobre o autor

Sérgio Jatobá é arquiteto e urbanista (UnB, 1981), doutor em Desenvolvimento Sustentável (UnB/Universidad de Valladolid, 2006), gerente de Estudos Urbanos da Codeplan/GDF, pesquisador do Núcleo de Estudos Urbanos e Regionais – NEUR e do Centro de Desenvolvimento Sustentável da Universidade de Brasília. Foi pesquisador bolsista do IPEA.

comments

123.03 viagem de estudo
abstracts
how to quote

languages

original: português

share

123

123.01 viagem de formação

Oscar Niemeyer e a arte da implantação

Luiz Felipe da Cunha e Silva

123.02 eu estive lá!

Casa de Estudos Urbanos

Abilio Guerra

123.04 quiz show

Quem sabe o nome do arquiteto?

Abilio Guerra

123.05 arquiteturismo em questão

A caminhada como produção de espaços públicos

Lincoln Paiva

123.06 fotonovela

A insustentável leveza do ser

Victor Hugo Mori and Abilio Guerra

newspaper


© 2000–2017 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided