Seu navegador está desatualizado.

Para experimentar uma navegação mais interessante, recomendamos que você o atualize clicando em um dos links ao lado.
Todos são gratuitos e fáceis de instalar.

 
  • em vitruvius
    • em revistas
    • em jornal
  • \/
  •  

pesquisa

revistas

arquiteturismo ISSN 1982-9930

Vista panorâmica de Nova York a partir do The Metropolitan Museum of Art - MET. Foto Michel Gorski

sinopses

português
Este estudo objetiva refletir sobre as belezas da praia de Cox´s Bazar, ilha localizada em Maheshkhali, Bangladesh. A pesquisa é qualitativa e utiliza fontes documentais, jornalísticas, trabalhos acadêmicos e relatos do nativo Rafikul Islam.

english
This study aims to reflect on the beauties of the beach of Cox's Bazar, an island located in Maheshkhali, Bangladesh. Cox's Bazar is. The research is qualitative and will use documentary sources, journalistic, academic papers and reports of Rafikul Islam.

español
Este estudio objetiva reflexionar sobre las bellezas de la playa de Cox's Bazar, una isla ubicada en Maheshkhali, Bangladesh. La investigación es cualitativa y utilizará fuentes documentales, periodísticas, trabajos académicos y relatos de Rafikul Islam.


como citar

COSTA, Simone da Silva; ISLAM, Muhammed Rafikul. Um paraíso perdido na Ásia. Cox’s Bazar em Bangladesh. Arquiteturismo, São Paulo, ano 12, n. 135.04, Vitruvius, jun. 2018 <http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquiteturismo/12.135/7003>.


Conversando com Rafikul Isalm e observando suas fotos nas redes sociais, percebi o quanto a sua cidade, Cox´s Bazar, era bonita. Sendo assim, resolvi pesquisar mais sobre aquele paraíso escondido na Ásia. Cox´s Bazar é uma ilha localizada em Maheshkhali, Bangladesh, termo que combina as palavras bengalis Bangla e Desh, que significa o país ou a terra onde a língua bangla é falada. O país antigamente era conhecido como Paquistão Oriental.

Dhaka, capital de Bangladesh
Foto divulgação [Wikimedia Commons]

Bangladesh atravessa a Baía de Bengala no sul da Ásia. Para o oeste e norte é limitada pela Índia; a Sudeste, faz fronteira com Myanmar. A topografia é predominantemente uma planície de inundação baixa. Cerca de metade da área total é ativamente deltaica e é propensa a inundações na temporada de monções de maio a setembro. O rio Ganges/Padma flui para o país a partir do Noroeste, enquanto o Brahmaputra/Jamuna entra do Norte. A capital, Dhaka, está perto do ponto em que esses sistemas fluviais se encontram. A terra é adequada para o cultivo de arroz. As águas da baía têm sido tradicionalmente usadas para pesca e transporte de mercadorias destinadas a diversos países (1). Um transporte muito comum no país é o riquixá (carrocinha puxada por bicicleta).

Porto Sadarghat em Dhaka, capital de Bangladesh
Foto Rafikul Isalm

Bangladesh é um dos países mais povoados do mundo, com uma população de mais de 164,4 milhões e um Produto Interno Bruto per capita de aproximadamente U$S 1.500 comprimido em um delta de rios que deságua na Baía de Bengala. O subdesenvolvimento do país é visto pelo elevado número de pobres e subnutridos, no entanto o governo tem atuado no sentido de reduzir o crescimento populacional e na adoção de políticas públicas voltadas para a saúde e a educação.

Aerofotogrametria de Cox's Bazar, Bangladesh
Foto divulgação [Google Maps]

Segundo Rafikul Islam, Cox´s Bazar, localizada no canto sudeste de Bangladesh, tem a maior praia natural ininterrupta do mundo, possui praias arenosas, coqueiros, sol e clima tropical. Em virtude de suas belezas naturais. Lá ele nasceu, cresceu e teve uma infância muito feliz. Atualmente, o lugar atrai turistas de diversas partes do mundo.

Laboni Beach, Cox's Bazar, Bangladesh
Foto divulgação [website Travelers Diary Bangladesh]

Entretanto, para o professor Mushtaq Ahmed, Professor na Universidade Shahjalal de Ciência e Tecnologia, é necessária uma maior intervenção do poder público para evitar que os hotéis, prédios e demais construções que tem invadido a praia, de forma não planejada, traga prejuízos para o meio ambiente e para a população residente.

Kolatoli Beach, Cox's Bazar, Bangladesh
Foto divulgação [website Cox’s Bazar]

O mercado imobiliário tem invadido o distrito de Cox's Bazar, promovendo modificações na paisagem: os hotéis, blocos de apartamentos e restaurantes se multiplicaram na área. Na praia principal, existem dezenas de lojas que vendem souvenir, brinquedos, roupas e fast food. Hotéis e restaurantes estão sendo erguidos em quase todas as partes da cidade e em áreas de praia próximas.

Cox's Bazar, Bangladesh
Foto divulgação [m24instudio]

Os ambientalistas temem o boom a construção civil, e pensam que, caso os prédios construídos ilegalmente ao longo da praia principal não forem removidos num futuro próximo, a área não recuperará parte de sua beleza perdida (2).

Cox's Bazar, Bangladesh
Foto Bodrul Islam Miah [Vídeo Youtube]

A Universidade de Chittagong, da qual Rafik faz parte, à semelhança das universidades brasileiras, utiliza metodologias de ensino que colocam o aluno em ação, de forma que eles estão sempre fazendo viagens de campo, a fim de desenvolver suas capacidades e competências. Outro fator bastante relevante é o incentivo a prática de esportes ainda como universitários.

Alunos da Universidade de Chittagong
Foto divulgação

Portanto, num mundo globalizado considero importante conhecermos um pouco de outras culturas, outros modos de pensar. Nos preparar para receber o outro, diferente de nós, mas com tantas qualidades e aptidões que só vem a nos enriquecer nesta breve jornada que é a vida. Um grande homem já afirmou: “gentileza gera gentileza”. Então, vamos abraçar a nação Bengali.

Rafikul Isalm e amigos, Dhaka, capital de Bangladesh
Foto divulgação

Rafikul Isalm e amigos, Dhaka, capital de Bangladesh
Foto divulgação

Rafikul Isalm e amigos, Dhaka, capital de Bangladesh
Foto divulgação

notas

1
DANNEMANN, Fernando Kitzinger. Baía de Bengala. Blog Efecade, 2 abr. 2013 <www.efecade.com.br/baia-de-bengala>. Acesso: 20/04/2018.

2
ETHIRAJAN, Anbarasan. Bangladesh's Cox’s Bazar: A paradise being lost? BBC News, Londres, 26 dez. 2012 <https://www.bbc.com/news/world-asia-19340259>.

sobre os autores

Simone da Silva Costa é graduada em Economia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, mestrado em Economia do Trabalho pela Universidade Federal da Paraíba. Doutora em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Atualmente é professora substituta da Universidade Federal do Rio Grande do Norte na disciplina Economia do turismo.

Muhammed Rafikul Islam é graduando em Sociologia pela Universidade de Chittagong, Bangladesh.

comentários

135.04 turismo exótico
sinopses
como citar

idiomas

original: português

compartilhe

135

135.01 viagem cultural

Andanças e desenhos

José Clewton do Nascimento e Eunádia Silva Cavalcante

135.02 exposição

Uma bienal em freejazz

Jorge Figueira

135.03 arquiteturismo em questão

Turismo de massa em Lisboa

Sergio Jatobá

135.05 quiz show

Quem sabe os nomes do arquiteto e de sua obra?

Abilio Guerra

jornal


© 2000–2019 Vitruvius
Todos os direitos reservados

As informações são sempre responsabilidade da fonte citada