Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

drops ISSN 2175-6716

abstracts

português
Argemiro Brito fala sobre estátuas de grande porte no Brasil e no mundo e chama a atenção para a recém-inaugurada estátua de Santa Rita de Cássia que, com 50 metros de altura, significa para ele mais um desafio alcançado pela engenharia brasileira

how to quote

MARINHO, Reginaldo. Argemiro Brito, o filósofo das estruturas. Drops, São Paulo, ano 11, n. 035.05, Vitruvius, ago. 2010 <http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/11.035/3529>.



Do ponto de vista da engenharia, nós temos duas referências quando tratamos de estátuas de grandes dimensões. No Brasil é a estátua do Cristo Redentor que encanta o mundo pelo seu significado, sendo o Brasil um país de predominância católica, e pela localização, o morro do Corcovado, de onde se avista toda a Baía de Guanabara. Nos Estados Unidos é a estátua da Liberdade a que mais fascina pela beleza e pelo simbolismo da chama da liberdade iluminando o mundo.

Essas obras ultrapassam a fronteira da escultura e assumem a fabulosa dimensão da engenharia integrada à arte. Não se comparam às esculturas monumentais da Ilha da Páscoa, às estátuas de Buda ou a das faces dos presidentes americanos esculpidas no Monte Rushmore, em Dakota do Sul.

Essas estátuas são sempre desafiadoras e avançam no estado da arte do mundo em que se inserem. A estátua da Liberdade representou um marco da engenharia européia do final do século XIX, com prevalência das estruturas metálicas e o acentuado reflexo na engenharia norte-americana.

A estátua da Liberdade foi um presente do governo francês aos Estados Unidos, tendo sido escolhido para fazer o cálculo estrutural o mesmo engenheiro Gustave Eiffel, que construiu a torre Eiffel de Paris. Toda a ossatura interna da estátua da Liberdade foi constituída de aço e a representação artística feita em bronze, concebida pelo escultor alsaciano Frédéric Auguste Bartholdi.  Essa era a cultura que dominava a engenharia daquela época, a das estruturas metálicas. A estátua tem 47 metros de altura e foi inaugurada em outubro 1886.

A estátua do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, tornou-se um dos símbolos da cidade maravilhosa, situada no pico do Corcovado. Toda construída em concreto armado, ela mede 30 metros de altura e pesa 1.145 toneladas, tendo sido inaugurada em outubro de 1931. O Brasil ainda não dominava a tecnologia capaz de edificar uma obra com aquelas características e por isso ela foi executada na França e as partes desmontadas foram transportadas para o local da construção. Essa obra transformou-se em um marco da engenharia no Brasil.

Outras estátuas de grandes dimensões foram construídas no Brasil. A de Padre Cícero, em Juazeiro (CE), mede 27 metros de altura; a de Frei Damião, em Guarabira (PB), mede 22 metros. Agora, é inaugurada a de Santa Rita de Cássia, em Santa Cruz (RN), com 50 metros de altura.

A estátua de Santa Rita de Cássia é mais um desafio alcançado pela engenharia brasileira. Essa é uma obra a ser incluída no Guiness Book como a estátua católica mais alta do mundo. A estátua, com altura equivalente a um prédio de 17 andares, pesa mais de duas mil toneladas de concreto distribuídos em delgadas paredes de oito centímetros de espessura, uma magnífica conquista da engenharia.

O engenheiro Brito já está habituado a grandes desafios. Recentemente, ele executou o cálculo estrutural e a própria obra do Domus Hall, na cobertura do Manaíra Shopping, em João Pessoa. Ele conseguiu a façanha de construir uma casa de espetáculos com um vão livre 64 metros e a coberta com a forma atípica de uma onda, totalizando 6.500m² de área sem nenhuma coluna interna, com capacidade para abrigar 12 mil pessoas.

Os seus cálculos iniciam em rabiscos que lembram os de Oscar Niemeyer ou Leonardo da Vinci. Tendo iniciado a sua vida profissional nos anos 60, quando usava a régua de cálculo como instrumento básico de trabalho e hoje, apesar de dispor de moderno centro de computação, ele não perdeu a sua linha filosófica que encontra na sentença de Felix Cardelach a síntese de seu pensamento: “As estruturas não são o fruto de um cálculo, senão a plasmação física de uma intuição artística, previamente escrita em fórmulas algébricas.”

ficha técnica

Escultura original: Arquiteto Alexandre Azedo

Cálculo estrutural: Escala – Escritório de Cálculos Estruturais Ltda. Eng. Argemiro Brito da Franca e Engª. Georgina Franca Diniz

Memorial Santa Rita: Arquiteta Adriana Alves

Construtora: A. Gaspar Eng. Manuel Gaspar e Engª. Catarina Issa.

imagens

Fotomontagens com a escultura de Santa Rita em diferentes contextos, por Reginaldo Marinho.

sobre o autor

Reginaldo Marinho, pesquisador premiado com medalhas de ouro em exposições tecnológicas com projetos na área de Engenharia Civil. Prêmios conferidos em Genebra e Londres. Membro da Associação Brasileira de Jornalismo Científico.

Reginaldo Marinho, João Pessoa PB Brasil

 

comments

newspaper


© 2000–2018 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided