Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

drops ISSN 2175-6716

abstracts

português
O Prêmio APCA 2011 – Categoria “Homenagem pelo conjunto da obra" é um reconhecimento à trajetória de um arquiteto com carreira consolidada, e com destaque para uma produção que se tornou referência para obras públicas na cidade

how to quote

WISNIK, Guilherme. Prêmio APCA 2011 – Categoria “Homenagem pelo conjunto da obra”. Premiado: Marcello Fragelli. Drops, São Paulo, ano 12, n. 051.02, Vitruvius, dez. 2011 <http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/12.051/4148>.



O Prêmio APCA 2011 – Categoria “Homenagem pelo conjunto da obra" é um reconhecimento à trajetória de um arquiteto com carreira consolidada, e com destaque para uma produção que se tornou referência para obras públicas na cidade (1).

Nessa categoria procuramos premiar um arquiteto cuja obra, em seu conjunto, seja não apenas consistente e relevante, mas que também coloque em questão, de maneira exemplar, valores públicos que entendemos ser importante ressaltar no atual momento. Nesse sentido, gostaríamos de sublinhar a atuação fundamental de Marcello Fragelli junto às grandes empresas de engenharia e construção, como a Promon, e seu papel destacado na coordenação do projeto de arquitetura da Linha 1 do Metrô de São Paulo, no final dos anos 1960 e início dos 1970.

Coordenando o projeto do metrô, e depois fundando o departamento de arquitetura da Promon, Fragelli conseguiu combinar a aposta em um trabalho coletivo voltado para a cidade – a arquitetura da infraestrutura urbana – com a defesa de um desenho de excelência que não se dissolve no anonimato da técnica ou da grande estrutura empresarial. Formado no Rio de Janeiro pela herança de Affonso Eduardo Reidy e, mais de perto, pelos irmãos Roberto, Fragelli é um arquiteto de desenhos afirmadamente autorais, ainda que muitas vezes discretos.

Num momento como o atual, em que a rede de metrô de São Paulo finalmente começa a se expandir de novo, com a construção e inauguração parcial da linha 4, a recuperação do legado de Fragelli é de grande importância. Para o conjunto da linha 1, o arquiteto desenvolveu um sistema simples e sofisticado de estações francamente urbanas, com soluções unificadas para a espacialidade e a estrutura, e transições graduais entre os túneis em subsolo e o ambiente urbano. Algo certamente muito distinto das estações atuais, que se assemelham mais a enormes sanitários ou dutos de ventilação do que a centros de circulação metropolitana. E que, nos horários de pico, já têm suas áreas de circulação claramente saturadas.

Por fim, a homenagem à obra de Marcello Fragelli em 2011 representa também um elogio retroativo ao trabalho de empresas como a Promon, Hidroservice e Asplan, entre outras, cuja continuidade teria sido fundamental para dar suporte operacional e estratégico para as grandes obras infraestruturais que estão aparecendo recentemente no Brasil, e que tendem a aumentar nos próximos anos com a realização dos grandes esportivos internacionais que virão (1).

notas

1
Este texto é parte da Ata de Premiação APCA 2011, assinada pelos críticos de arquitetura filiados à Associação Paulista de Críticos de Arte. Os prêmios outorgados nas sete categorias – Homenagem pelo conjunto da obra; Cliente/promotor; Difusão; Urbanidade; Obra de arquitetura em São Paulo; Obra de arquitetura no Brasil; e Projeto referencial – foram selecionados por unanimidade ou maioria a partir de critérios discutidos coletivamente. A responsabilidade de redação final coube a um determinado crítico, mas os argumentos foram discutidos coletivamente pelos críticos de arquitetura Abilio Guerra, Fernando Serapião, Guilherme Wisnik, Maria Isabel Villac, Mônica Junqueira de Camargo, Nadia Somekh e Renato Anelli. Os textos que complementam a Ata de Premiação APCA 2011 são os seguintes:

WISNIK, Guilherne. Prêmio APCA 2011 – Categoria “Homenagem pelo conjunto da obra”. Premiado: Marcello Fragelli. Drops, São Paulo, n. 12.051.02, Vitruvius, dez. 2011 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/12.051/4148>.

SERAPIÃO, Fernando. Prêmio APCA 2011 – Categoria “Cliente /promotor”. Premiado: Otávio Zarvos / Idea!Zarvos. Drops, São Paulo, n. 12.051.03, Vitruvius, dez. 2011 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/12.051/4149>.

SOMEKH, Nadia. Prêmio APCA 2011 – Categoria “Difusão”. Premiado: Raul Juste Lores / Folha de S. Paulo. Drops, São Paulo, n. 12.051.04, Vitruvius, dez. 2011 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/12.051/4150>.

GUERRA, Abilio. Prêmio APCA 2011 – Categoria “Urbanidade”. Premiado: Mauro Munhoz e Casa Azul / Flip – Festa Literária Internacional de Paraty. Drops, São Paulo, n. 12.051.05, Vitruvius, dez. 2011 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/12.051/4151>.

VILLAC, Maria Isabel. Prêmio APCA 2011 – Categoria “Obra de arquitetura em São Paulo”. Premiado: Biblioteca São Paulo / Aflalo e Gasperini + Dante Della Manna + Univers Design. Drops, São Paulo, n. 12.051.06, Vitruvius, dez. 2011 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/12.051/4152>.

ANELLI, Renato. Prêmio APCA 2011 – Categoria “Obra de arquitetura no Brasil”. Premiado: João Batista Martinez Corrêa / Mirante da Paz – Complexo Elevador Rubem Braga, Rio de Janeiro. Drops, São Paulo, n. 12.051.07, Vitruvius, dez. 2011 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/12.051/4153>.

CAMARGO, Mônica Junqueira de. Prêmio APCA 2011 – Categoria “Projeto referencial”. Premiado: João Filgueiras Lima, Lelé / Projeto alternativo para o programa “Minha Casa, Minha Vida”. Drops, São Paulo, n. 12.051.08, Vitruvius, dez. 2011 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/12.051/4154>.

2
Algumas empresas fecharam, e outras continuaram operando, porém já sem a efetividade de outras décadas, e sobretudo destituídas da sua equipe de projeto arquitetônico.

sobre o autor

Guilherme Wisnik é arquiteto e crítico de arquitetura.

 

comments

newspaper


© 2000–2019 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided