Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

drops ISSN 2175-6716

abstracts

português
Falecido de forma abrupta em 10 de março de 2013, Roberto Segre deixa no prelo sua última obra, um livro sobre o Palácio Capanema no Rio de Janeiro.

how to quote

GUERRA, Abilio. Roberto Segre. Uma vida de aventura que se encerra com uma tragédia banal. Drops, São Paulo, ano 13, n. 067.01, Vitruvius, abr. 2013 <http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/13.067/4704>.



Nascido em 1934 na cidade italiana de Milão, Roberto Segre migrou com sua família para a Argentina em 1939, fugindo do antissemitismo do governo fascista de Benito Mussolini. Graduou-se arquiteto na Universidade de Buenos Aires em 1960 e logo depois, em 1963, radicou-se em Havana, Cuba, onde ministrou aulas de história da arquitetura durante três décadas. Em 1994, inicia sua trajetória brasileira como pesquisador e professor nos cursos de pós-graduação em urbanismo da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde atuou até março de 2013. Durante estas décadas de atividades profissionais tornou-se crítico e historiador respeitado, com vasta produção de livros e artigos de extrema relevância, que constituem peças fundamentais da historiografia da arquitetura latino-americana.

Nos últimos quinze anos, Roberto Segre se dedicou a uma aprofundada pesquisa sobre a história do Ministério da Educação e Saúde, atual Palácio Capanema, inaugurado no Rio de Janeiro em 1945. Em 2009, seu trabalho chegou às mãos de Luiz Fernando de Almeida, na ocasião presidente nacional do Iphan, que o convocou para coordenar a elaboração do documento que pleiteia a inclusão do edifício na lista de Patrimônio Cultural da Humanidade da Unesco.

A pesquisa também se converteu em projeto editorial, desenvolvido nos últimos cinco anos pela Romano Guerra Editora. Nas duas últimas semanas de produção, o autor – entusiasmado com a prova praticamente final do livro – apresentava radiante a publicação para amigos e colegas no iPad que levava a tiracolo. “Este é o grande livro da minha vida”, dizia para os amigos que encontrava pelos corredores da FAU.

Na manhã do dia 10 de março de 2013, dois dias antes de o livro iniciar o processo gráfico, Roberto Segre enviou para o editor a correção final: “Achei um último erro. Na bibliografia, aparece repetida a referência do livro América Latina fim do milênio! Verifique isso”. Saiu então para sua caminhada domingueira na praia. Logo depois, a aventura magnífica de sua vida foi interrompida por uma motocicleta em alta velocidade.

nota

NE
O presente texto é o posfácio do livro SEGRE, Roberto. Ministério da Educação e Saúde: ícone urbano da modernidade carioca (1935-1945). São Paulo, Romano Guerra, 2013, p. 544.

sobre o autor

Abilio Guerra, arquiteto, historiador e professor da graduação e pós-graduação da FAU Mackenzie.

 

comments

067.01 homenagem
abstracts
how to quote

languages

original: português

outros: english

share

067

067.02 homenagem

Dante e a arquitetura moderna no Brasil

Ricardo Rocha

067.03 evento

Encontro Latino-americano de Pós-graduações em Arquitetura

Rodrigo García Alvarado

067.04 crítica

Arquitetura, obsolescência e estupidez

Humberto González Ortiz

067.05 exposição

Caligrafias - desenhos de Vilanova Artigas

Rosa Artigas

067.06 homenagem

Clorindo Testa e a cidade dos livros

Jorge Ramos de Dios

067.07 ensaio

Astronauta em Ítaca

Miguel Del Castillo

067.08 crítica

Arquitetura no Urbanismo, Urbanismo na Arquitetura

A arquitetura como um campo único e multidisciplinar

Lutero Proscholdt Almeida

newspaper


© 2000–2017 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided