Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

drops ISSN 2175-6716

abstracts

português
O ancestral litígio entre o governo e a sociedade brasileira, que ganha expressão pública nas atuais manifestações nas grandes cidades, é o tema do artigo de Álvaro Rodrigues dos Santos.

how to quote

SANTOS, Álvaro Rodrigues dos. Os dentes e as garras. O ancestral e radical rompimento entre sociedade e governo. Drops, São Paulo, ano 13, n. 069.05, Vitruvius, jun. 2013 <http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/13.069/4778>.



Não há que se escamotear, a violência vandálica que marca o movimento de massas que se alastra pelo país é parte inerente, em forma e conteúdo, desse próprio movimento. Não que seja sua personalidade única, mas de forma alguma lhe é estranha.

Séculos de total rompimento entre governo e sociedade, aquele em seu clássico papel de ludibriar e explorar as populações, essa sob o papel de eterna vítima traída, subtraída e indefesa.

Pouquíssimos foram os tênues momentos, desde a Colônia, em que houve algum traço de solidariedade e espelhamento entre governo e sociedade. Na história recente, mesmo governos que ascenderam no bojo de saudáveis expectativas por parte da sociedade acabaram, no essencial, por atrelar-se ao passado, seja por seu próprio e verdadeiro caráter, seja por força das alianças congressuais e eleitorais oportunista e pragmaticamente costuradas.

O preço da manutenção de tal desenlace nas relações entre governo e sociedade, historicamente sustentado ou pela força militar ou pela propaganda, mostra hoje um valor impossível de se liquidar, ao menos em curto prazo. Falta crédito de confiança entre as partes, enquanto transbordam de plenos os créditos de total e radical desconfiança.

Sinceramente, há dúvida real no ar. Para onde vamos?

Estaríamos mesmo diante do esgarçamento total das linhas de comunicação entre estado e sociedade? O berro secularmente contido na garganta de tantos se libertou das amarras do medo e da conveniência? Depositará a sociedade revoltada e desorganizada confiança em alguma força política mais estabelecida que lhe prometa a redenção? Haverá inteligência e competência ainda desconhecidas nos dois extremos que possam alimentar um desenlace virtuoso para a vida nacional?

sobre o autor

Álvaro Rodrigues dos Santos, geólogo, ex-Diretor de Planejamento e Gestão do IPT e Ex-Diretor da Divisão de Geologia, autor dos livros Geologia de engenharia: conceitos, método e prática, A grande barreira da Serra do Mar, Cubatão e Diálogos geológicos, consultor em Geologia de Engenharia, Geotecnia e Meio Ambiente.

 

comments

069.05 manifestação popular
abstracts
how to quote

languages

original: português

share

069

069.01 política pública

Cidade da Cultura

Arquitetura e viabilidade

Simón Fique

069.02 arquitetura digital

Sobre a arqueologia do digital

Octavio Lacombe

069.03 artes visuais

O fenômeno Bienal de Arte

Antônio Luiz M. de Andrade (Almandrade)

069.04 problemas urbanos

Cidades no Brasil

Sair da perplexidade e passar à ação

Erminia Maricato

069.06 manifestação popular

Movimento Passe Livre

Um passo de cada vez

Helena Guerra

newspaper


© 2000–2019 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided