Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

drops ISSN 2175-6716

abstracts

português
A escritora e filósofa Marcia Tiburi comenta os acontecimentos recentes de confisco de obras de arte, fechamento de exposições e convocação de censura que têm como base uma política de mistificação.

how to quote

TIBURI, Marcia. Sobre os últimos acontecimentos. A arte, a alma, os inquisidores. Drops, São Paulo, ano 18, n. 121.05, Vitruvius, out. 2017 <http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/18.121/6732>.



Eu gostaria de sugerir que nesse momento em que o Brasil é levado à histeria política e ao caos, que as pessoas pudessem voltar a si e buscar uma abordagem mais razoável...

A postura que muitas pessoas vêm tendo em relação às artes não é apenas a falta de conhecimento. É uma postura antiética, imoral...

Arte é algo que faz bem, melhora a sensibilidade, a inteligência, agir no mundo.

O titulo (da obra) era “Pedofilia”. Qual foi o raciocínio que os deputados do Mato Grosso do Sul (que pediram o confisco de obra da exposição “Cadafalso”, da artista Alessandra Cunha, em Campo Grande) tiveram? Eles viram o título e, por indução, entenderam que a obra era pedofilia, que ao invés de questionar, ela incitava. Na verdade, se vocês virem a pintura, é até uma obra ingênua, que remete à solidão e o abandono da criança quando se encontra numa situação de abuso...

A imaginação doentia dos inquisidores do século 15 que descreviam relações sexuais entre bruxas e demônios (Martelo das feiticeiras, tratado escrito por inquisidores da época), ofereceu fundamentos pra incriminar e matar pessoas inocentes, ou seja, o delírio de uns prejudicou outros até a morte...

Os políticos e os “ativistas" querem aparecer e vêm conseguindo isso usando a velha tática da mistificação. O que é a mistificação? É a criação de uma verdade que em seu todo é falsa mas que move as emoções das pessoas em um nível impressionante. O apelo ao moralismo é, em geral, usado por pessoas e instituições sem ética alguma... Podemos fabricar mitos a qualquer hora, mas isso é errado do ponto de vista ético. A liberdade é um alto valor de quer sociedade democrática... Arte é um assunto complexo como é a ciência, a religião, como é, até, o futebol...

A televisão vem vendendo opiniões baratas junto com movimentos que brincam com a nossa ingenuidade. Não sejamos os otários que compram ideias prontas só por que parecem baratas ou fáceis de digerir. Fiquemos atentos, a nossa alma vale muito e tem muita gente, desde sempre, tentando capturá-la.

nota

NE – texto originalmente divulgado na forma de depoimento na página facebook dos Jornalistas Livres e republicado com a autorização da autora.

sobre a autora

Marcia Tiburi é escritora e filósofa.

biblioteca tempos temerários

Tempos Temerários é um projeto de Abilio Guerra e Giovanni Pirelli, produzido pela equipe do Marieta (portal Vitruvius + Irmãos Guerra Filmes + produtora Cactus), que visa ser um momento de debate sobre temas da atualidade, como um laboratório permanente para pesquisar técnicas, ações e ideias de resistência e transformação politica, social e cultural.

BRUM, Eliane. Gays e crianças como moeda eleitoral. El País, Madri, 18 set. 2017 <https://brasil.elpais.com/brasil/2017/09/18/opinion/1505755907_773105.html>.

COLI, Jorge. Erotismo em tempos de cólera e boçalidade. Drops, São Paulo, ano 18, n. 120.04, Vitruvius, set. 2017 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/18.120/6703>.

COLI, Jorge. Por moralismo torpe, pessoas decidem eliminar a reflexão e neutralizar a arte. Drops, São Paulo, ano 18, n. 121.06, Vitruvius, out. 2017 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/18.121/6734>.

COLI, Jorge. Toda nudez será castigada. Drops, São Paulo, ano 18, n. 122.02, Vitruvius, nov. 2017 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/18.122/6756>.

FONSECA, Ricardo Marcelo. Um ano de ataques contra as universidades públicas brasileiras. Nota do reitor da UFPR. Drops, São Paulo, ano 18, n. 123.02, Vitruvius, dez. 2017 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/18.123/6800>.

GUERRA, Abilio. Notícias dos tempos temerários. Resenhas Online, São Paulo, ano 17, n. 189.04, Vitruvius, set. 2017 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/resenhasonline/17.189/6706>.

LIRA, José. Tempos sombrios. Drops, São Paulo, ano 18, n. 121.01, Vitruvius, out. 2017 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/18.121/6713>.

LUZ, Afonso. Lygia Clark: todo bicho tem articulações. Drops, São Paulo, ano 18, n. 121.03, Vitruvius, out. 2017 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/18.121/6719>.

LUZ, Afonso. Trolagem institucional. Resenhas Online, São Paulo, ano 17, n. 190.01, Vitruvius, out. 2017 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/resenhasonline/17.190/6718>.

MARTINS, Carlos A. Ferreira. Quem quer acabar com a universidade pública? Drops, São Paulo, ano 18, n. 123.04, Vitruvius, dez. 2017 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/18.123/6805>.

MEDEIROS, Afonso. Sobre o ataque do MBL à exposição Queermuseu em Porto Alegre. Drops, São Paulo, ano 18, n. 122.08, Vitruvius, nov. 2017 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/18.122/6786>.

MIYADA, Paulo. Carta ao prefeito de São Paulo. Sobre o nu no MAM-SP. Drops, São Paulo, ano 18, n. 121.02, Vitruvius, out. 2017 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/18.121/6714>.

PINHEIRO-MACHADO, Rosana. A nova direita conservadora não despreza o conhecimento. Carta Capital, São Paulo, 10 out. 2017 <https://www.cartacapital.com.br/politica/a-nova-direita-conservadora-nao-despreza-o-conhecimento>.

TIBURI, Marcia. Sobre os últimos acontecimentos. A arte, a alma, os inquisidores. Drops, São Paulo, ano 18, n. 121.05, Vitruvius, out. 2017 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/18.121/6732>.

TOURINHO, Emmanuel Zagury. Agressão à liberdade de expressão. Nota oficial da UFPA. Drops, São Paulo, ano 18, n. 122.09, Vitruvius, nov. 2017 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/18.122/6787>.

Pedofilia, de Alessandra Cunha, exposição individual “Cadafalso”, Museu de Arte Contemporânea, Campo Grande MS
Imagem divulgação

 

comments

121.05 cultura
abstracts
how to quote

languages

original: português

share

121

121.01 cultura

Tempos sombrios

José Lira

121.02 política cultural

Carta ao prefeito de São Paulo

Sobre o nu no MAM-SP

Paulo Miyada

121.03 arte

Lygia Clark: todo bicho tem articulações

Afonso Luz

121.04 exposição

Corpo de prova

Instalação artística de Marcia Pastore no MuBE

Ana Maria Belluzzo

121.06 censura

Por moralismo torpe, pessoas decidem eliminar a reflexão e neutralizar a arte

Jorge Coli

121.07 patrimônio

Desafios do restauro moderno

Abilio Guerra

121.08 produtividade

Sobre urubus, sabiás e sucupiras

Processo de avaliação da produção em arquitetura e urbanismo

Paulo Afonso Rheingantz

121.09 ignomínia urbana

O retrocesso

Arquitetura defensiva aliada à exclusão social

Vinícius de Moraes Ribeiro

newspaper


© 2000–2017 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided