Seu navegador está desatualizado.

Para experimentar uma navegação mais interessante, recomendamos que você o atualize clicando em um dos links ao lado.
Todos são gratuitos e fáceis de instalar.

 
  • em vitruvius
    • em revistas
    • em jornal
  • \/
  •  

pesquisa

revistas

drops ISSN 2175-6716

sinopses

português
Lucas Dalcim faz uma homenagem ao arquiteto Jorge Wilheim em evento que homenageia o arquiteto formado na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie – FAU Mackenzie.

como citar

DALCIM, Lucas. Carta aos estudantes: reunião geral extraordinária! Uma homenagem a Jorge Wilheim, fundador do Dafam. Drops, São Paulo, ano 18, n. 127.07, Vitruvius, abr. 2018 <http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/18.127/6950>.



Nesse evento de tamanha relevância frente ao meio acadêmico contemporâneo, intitula se essa semana com uma homenagem a um patrono do movimento estudantil da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Jorge Wilheim. Ele, Carlos Milan, dentre outros entusiastas da reflexão acadêmica, fundaram o Diretório Acadêmico da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, o Dafam.

Isto posto, proponho uma narrativa, uma reunião geral extraordinária, como semanalmente nos habituamos a ter nas instalações do diretório. Para que essa reunião fosse de fato, extraordinária, convidamos nossos fundadores, Carlos Millan, Jorge Wilheim e Luiz Roberto Carvalho Franco. Todos já acomodados, em pufes, bancos ou no chão, damos início à discussão.

Idealizamos então a retomada da revista Pilotis, símbolo de resistência do constante desmonte da máquina pública, com uma possível sua reedição em momento oportuno.

“Próxima pauta”, diz nosso saudoso e eterno professor da casa, Pedro Paulo de Melo Saraiva, com forte empolgação.

Nós, atuantes contemporâneos do diretório, pedimos a palavra. “Caro senhor Wilheim, fomos convidados para falar sobre o senhor na abertura da semana Jorge Wilheim. Para tanto, essa reunião foi marcada”.

“Uma semana minha?”, questiona ele, com um brilho nos olhos e uma aparente satisfação.

“Sim”, replicamos. “Antes de expor qualquer texto para o público pós-graduando, resolvemos trazer o conteúdo para sua apreciação e de seus colegas”.

“Mas qual o teor da apresentação?”, reforça ele.

“Iremos fazer uma reflexão de vida. Mais do que isso, um agradecimento”.

O símbolo inaugural do Dafam foi o Modulor, escala humana moderna de Le Corbusier. E em provocação à arquitetura clássica havia uma coluna histórica no logo. A escala humana, tão esquecida no cenário arquitetônico contemporâneo, já era um sintoma do seu caráter profissional. Recordo de seu diagrama para o concurso de Brasília: descentralização, integração e continuidade. O quão contemporâneo já era sua visão sobre a discussão urbana. E não por acaso, são os princípios de gestão do nosso diretório. Seus projetos arquitetônicos e urbanos elucidam o processo projetual como ato inicial de qualquer intervenção no espaço urbano, consciência que assegura participação social e gerenciamento regional popular nas áreas influenciadas pelo arquiteto.

Quantas lições seus projetos nos trazem, senhor Wilheim! O plano urbano de Curitiba, as intervenções em São Paulo, no Mosteiro e no Vale. Para além disso seu engajamento político apartidário na formulação de políticas públicas, que amparam as intervenções urbanas, elucidam a necessidade do caráter político da arquitetura – mais uma vez nota-se aqui sua personalidade individual, fruto de desdobramentos da sua vivência no diretório, acredito.

Já também defendendo a cidade compacta, o senhor previu discussões que ainda vigoram como... contemporâneas.

Poderia escrever uma série de livros sobre seu trabalho e como a vivência no diretório guiou seu caminho pós formado. Mas hoje, aqui, encerrando nosso depoimento, gostaria de ressaltar sua importância na concepção e manutenção teórica diária de nosso diretório, que de tanto em tanto, busca se aperfeiçoar seguindo seus ensinamentos. Torcemos para que existam outros arquitetos e arquitetas dispostos a fazer a diferença, encarando o plano urbano como ponto de partida de uma ação coletiva, com teor social, e que nos acarretará uma cidade melhor para se viver.

Senhor Jorge Wilheim, obrigado por sempre estar presente em nossas reuniões, ter se tornado eterno em nossos princípios tanto gestor quanto individual. E aqui, ao lado de seus grandes colegas, não responda nada, apenas receba esses aplausos de todos nós, presentes na reunião e todos os incorporadores de seus ensinamentos.

Parabéns Jorge pelos seus 90 anos!

nota

NE – Texto lido na abertura da “Semana Jorge Wilheim”, solenidade ocorrida no dia 16 de abril de 2018 no auditório da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie – FAU Mackenzie.

sobre o autor

Lucas Dalcim é estudante de arquitetura na FAU Mackenzie e membro da atual direção do Diretório Acadêmico da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo – Dafam.

 

comentários

jornal


© 2000–2018 Vitruvius
Todos os direitos reservados

As informações são sempre responsabilidade da fonte citada