Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

interview ISSN 2175-6708

abstracts

português
Veja a entrevista de Antônio Agenor Barbosa e Juliana Mattos com o arquiteto Marcos Konder, cujo mais conhecido projeto é o Monumento aos Mortos da II Guerra Mundial, no Aterro da Glória, Rio de Janeiro

english
Vea la entrevista de Antônio Agenor Barbosa y Juliana Mattos con el arquitecto Marcos Konder, cuyo más conocido proyecto es el Monumento a los Muertos de la II Guerra Mundial, en el Aterro de la Gloria, Río de Janeiro

español
Read the interview of Antonio Agenor Barbosa and Juliana Mattos with architect Mark Konder, whose best known project is the monument to the dead of World War II, in aterro Gloria, Rio de Janeiro

how to quote

BARBOSA, Antônio Agenor; MATTOS, Juliana. Marcos Konder. Entrevista, São Paulo, ano 08, n. 029.02, Vitruvius, jan. 2007 <http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/entrevista/08.029/3297>.


Monumento aos Mortos da 2ª Guerra. Arquitetos Marcos Konder e Helio Ribas Marinho
Foto Antônio Agenor Barbosa

Antônio Agenor Barbosa e Juliana Mattos: Para finalizarmos esta entrevista, queremos propor ao senhor um “bate-bola” rápido, direto e objetivo em que o senhor fale um pouco a respeito de alguns mestres da arquitetura e de outras personalidades que iremos mencionar:

Marcos Konder:

Lúcio Costa – “o maior pensador da arquitetura do século XX”.

Oscar Niemeyer – “o mais talentoso arquiteto brasileiro do século XX”.

Irmãos Roberto (MMM Roberto) – “um escritório de arquitetos muito criativos que deram uma boa contribuição à arquitetura brasileira”.

Le Corbusier – “um dos gênios da arquitetura contemporânea”.

Affonso Eduardo Reidy – “um arquiteto de grande talento que, infelizmente, morreu cedo e então não pôde dar uma contribuição ainda maior do que a que nos deixou. O seu legado já é uma amostra de que ainda poderia fazer muito mais”.

Burle Marx – “um dos maiores paisagistas do mundo que teve o mérito de resgatar a flora tropical para o paisagismo, construindo o jardim moderno brasileiro”.

Carlos Lacerda –“apesar da nossa divergência ideológica, ele de direita e eu de esquerda, reconheço que ele foi um bom governador do Estado da Guanabara”

Lota Macedo Soares – “uma mulher dinâmica, influente e que foi a mola propulsora do projeto do Parque do Flamengo”.

César Maia – “esse eu prefiro nem comentar. Ele desfigurou totalmente o meu projeto do Centro Administrativo São Sebastião, que é a Sede da Prefeitura. Aquela faixa horrenda que ele mandou colocar no topo do edifício é uma falta de respeito à integridade do projeto”.

Marcos Konder – “me considero um arquiteto de talento, sem falsa modéstia, e que fez o que pôde fazer na vida e na arquitetura. E acredito que aqui na cidade do Rio de Janeiro, certamente deixei uma boa contribuição para a arquitetura. Para vocês terem uma idéia, no Aterro do Flamengo existem obras de apenas três arquitetos: Lúcio Costa, Affonso Eduardo Reidy e Marcos Konder”.

Centro Administrativo São Sebastião, Prefeitura do Rio de Janeiro
Foto Antônio Agenor Barbosa

comments

029.02
abstracts
how to quote

languages

original: português

share

029

029.01

Julio Roberto Katinsky

Gabriel Rodrigues da Cunha

newspaper


© 2000–2019 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided