Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

interview ISSN 2175-6708

abstracts

português
Entrevista com o arquiteto e pesquisador Wilfried Wang sobre as contradições da cultura arquitetural contemporânea.

how to quote

MARQUES, Sonia. Cultura arquitetural contemporânea. Entrevista com Wilfried Wang. Entrevista, São Paulo, ano 16, n. 061.01, Vitruvius, fev. 2015 <http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/entrevista/16.061/5419>.


Wilfried Wang em mesa de discussão no PLEA 2013 - Sustainable Architecture for a Renewable Future, Munique, 10 a 12 de setembro de 2013
Foto Astrid Eckert [PLEA 2013]

 

A entrevista abaixo é parte da pesquisa sobre Moradia e Vida Urbana na cultura de artistas e arquitetos contemporâneos, que teve início em setembro de 2014, como parte das atividades desenvolvidas na Universidade do Texas em Austin, na qualidade de professor/pesquisador visitante do programa CAPES/Fulbright

O ponto de partida da pesquisa é a constatação do fim de dois aspectos cruciais da cultura moderna, presentes ao longo dos debates dos CIAM:

  • a questão da moradia, em geral, e, em particular a questão da habitação e 
  • o relacionamento da arquitetura com as demais artes,  a questão da síntese das artes ou da integração.

Da agenda da cultura arquitetônica de vanguarda, o tema da habitação passou para assunto apenas de política pública. Já o problema da síntese das artes parece superado, na medida em que, desde os anos sessenta do século passado, assistimos a uma crescente afirmação e autonomização do campo das artes, sobretudo das artes visuais em relação ao dos arquitetos.

Diante destas constatações, colocamos como questão de pesquisa:

Existiriam novas causas, preocupações ou atribuições de responsabilidade social por parte da nova cultura arquitetônica? Como se estabelece o novo relacionamento entre artistas e arquitetos contemporâneos? Apesar da autonomização dos campos, seria possível verificar elementos comuns às culturas de ambos os campos profissionais? Em que medida estes elementos evidenciariam preocupações de ordem social?

A partir da nossa observação e como aponta a entrevista que nos concedeu o professor Wang, erige-se uma hipótese para a primeira questão. De fato, malgrado a polivalência do termo, uma preocupação parece rondar a cultura arquitetônica: a sustentabilidade.

comments

061.01
abstracts
how to quote

languages

original: português

share

061

newspaper


© 2000–2017 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided