Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

interview ISSN 2175-6708

abstracts

português
Roberto Boettger e Olivia Marra entrevistam Angelo Bucci, responsável pela exposição sobre o futuro do MAM de São Paulo, exibida no Arsenale durante a The Biennale Architettura Venezia 2016, “Reporting from the front”, curadoria de Alejandro Aravena.

how to quote

BOETTGER, Roberto; MARRA, Olivia. Entrevista com Angelo Bucci. SPBR na 15ª Bienal de Arquitetura de Veneza. Entrevista, São Paulo, ano 17, n. 068.01, Vitruvius, nov. 2016 <http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/entrevista/17.068/6293>.


Angelo Bucci
Foto divulgação [website SPBR]

A 15ª Bienal de Arquitetura de Veneza – aberta ao público de 28 de maio a 27 de novembro de 2016 – pretende engajar a disciplina na esfera social. Apropriando-se de jargão bélico, o curador chileno Alejandro Aravena alistou arquitetos de todas as partes do mundo para mostrarem suas armas: projetos que “relatam da linha de frente” ou report from the front, como anuncia em inglês o tema deste ano.

Segundo Aravena (o primeiro Latino-Americano a comandar o evento), os inimigos em questão são o capital desenfreado e a burocracia excessiva, ditos responsáveis pela “banalidade e mediocridade” do ambiente construído. Sustentabilidade, tráfego, lixo, migração e catástrofes naturais são alguns dos campos de batalha. Dentro dessa agenda, a arquitetura é tratada como um instrumento para solucionar “problemas que não só interessam aos arquitetos, mas também à sociedade civil”.

No entanto, algumas das participações provam que o front não se resume à precariedade ou ao risco ambiental. Certamente, esse é o caso do projeto para o futuro do Museu de Arte Moderna – MAM de São Paulo, proposto por Angelo Bucci do escritório SPBR. Único Brasileiro entre as 88 participações convidadas, o arquiteto formado pela FAU USP conversou conosco ao lado de Ciro Miguel, um de seus colaboradores, durante a abertura do pavilhão do Arsenale.

“Aravena nos convidou a participar especificamente com esse projeto, antes de considerar como ele poderia relacioná-lo ao tema da mostra”, conta-nos Angelo Bucci dentro de sua instalação: um recinto definido por quatro painéis expositivos que pairam ao redor de uma grande maquete de madeira e acrílico. Ao se aproximar, o visitante percebe que se trata do Parque Ibirapuera aqui circunscrito por quatro prismas idênticos dispostos entre si para formar um edifício quadrado. A entrevista começa abordando a concepção da proposta e acaba se ampliando para questões sobre forma e prática de arquitetura. Vê-se com clareza não apenas como o projeto responde à Bienal, mas também como suscita um modo de compreender a cidade.

Projeto Futuro do MAM São Paulo, Angelo Bucci / SPBR
Imagem divulgação

comments

068.01
abstracts
how to quote

languages

original: português

share

068

newspaper


© 2000–2017 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided