Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

projects ISSN 2595-4245


abstracts

how to quote

VOLKMER, Sérgio; DORFMAN, Cesar ; PRUDÊNCIO, Andreoni ; FRAGA, Carlos; BARBIERI, Rodrigo A.. Agência Santo Ângelo – CEF. Projetos, São Paulo, ano 02, n. 022.01, Vitruvius, out. 2002 <http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/projetos/02.022/2185>.


A agência Santo Ângelo da CAIXA é uma obra que teve como objetivos contemplar os padrões de funcionamento da instituição como também dar respostas às características do local, muito relevantes do ponto de vista urbano.Resultado de um concurso realizado em 1998, este projeto fez parte do plano de modernização da rede de agências da Caixa Econômica Federal desenvolvido em todo o país, que tinha como principais diretrizes uma nova identidade corporativa, melhoria do espaço físico e atualização tecnológica.Mesmo com o rígido modelo conceitual adotado pelo banco, a proposta buscou integrar as imposições do padrão a uma serie de idéias sugeridas pelo contexto: Santo Ângelo, localizada no noroeste do Rio Grande do Sul, é uma cidade singular por sua história. Palco das reduções guaraníticas do século XVIII e mais recentemente como ponto de partida da Coluna Prestes este seu passado a torna especial a toda intervenção. Dentro deste cenário, o terreno destinado para a obra – uma esquina em frente a uma importante praça – também forneceu caminhos no processo de desenvolvimento do projeto.

O gabarito das construções vizinhas, dois pavimentos, estabeleceu a volumetria do prédio orientando o partido adotado. A exigência da ocupação máxima para o pavimento térreo determinou uma área menor para o segundo pavimento, significando na opção de uma planta em ‘L’ocupando-se assim as duas fachadas.

O gabarito das construções vizinhas, dois pavimentos, estabeleceu a volumetria do prédio orientando o partido adotado. A exigência da ocupação máxima para o pavimento térreo determinou uma área menor para o segundo pavimento, significando na opção de uma planta em ‘L’ocupando-se assim as duas fachadas.As fachadas voltadas a Oeste e ao Norte (acesso) necessitavam de proteção solar o que foi obtido através da criação de espaços intermediários entre o passeio público e o bloco construído, o que gerou jardins internos e uma galeria de acesso, áreas que propiciam segurança e servem de transição entre a agência, a rua e a praça. O tratamento destas fachadas fez uso do contraste entre a pastilha cerâmica branca e os vários tons de rosa do arenito em placas. Esta pedra, o grês, foi muito utilizada nas construções jesuíticas como também em artefatos indígenas em tempos remotos. Um exemplo importante é a antiga catedral basicamente construída e adornada externamente com este material tornando-se, assim, uma referência importante. Estruturalmente, fez-se uma opção pela estrutura metálica conjugada à lajes alveolares tipo “roth”. O uso deste sistema racionalizou a construção possibilitando ainda a obtenção de grandes vãos, algo muito desejável em bancos onde se exige flexibilidade no layout por força das constantes mudanças.

Seguindo a estratégia de projeto, os serviços foram concentrados em um único bloco com três pavimentos em níveis intermediários em relação aos níveis principais.

Fruto de experiências anteriores buscou-se soluções que proporcionassem versatilidade aliada ao baixo custo de manutenção, o que resultou em detalhes desde calhas maiores até o uso restrito de pés-direitos duplos, um complicador em quesitos como layout e ar condicionado.

Com esta abordagem, a agência Santo Ângelo demonstra as possibilidades de exploração formal e conceitual que um programa com uma série de limitações e condicionantes pode oferecer.

Assim, acreditamos ter contribuído através deste projeto para o enriquecimento da paisagem urbana sem deixar de atender as especificidades do cliente que em nossa visão ganhou ao investir em uma obra que dialoga com a cidade.

ficha técnica

Projeto Arquitetônico
Sérgio Volkmer Arquitetura Ltda.(Arq. Sérgio Volkmer)
Cesar Dorfman Arquitetos Associados.(Arq. Cesar Dorfman, Arq. Andreoni Prudencio, Arq. Carlos Fraga e Arq. Rodrigo A. Barbieri.

Projeto Estrutural
Geraldo Wolf Engenharia e Consultoria Ltda.

Projeto Hidrossanitário e Protenção contra Incêndio
Projeconsult Engenharia Ltda.

Projeto de Climatização
Projetos Avançados Engenharia Ltda.

Projeto Elétrico, Telefônico e de Segurança
SPM

Fotos
Beto Hachmann

comments

022.01 Profissional
abstracts
how to quote

languages

original: português

source
Equipe de Projeto
Porto Alegre RS Brasil

share

022

022.02 Profissional

Restauro da Catedral da Sé

newspaper


© 2000–2019 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided