Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

projects ISSN 2595-4245

Memorial descritivo 1ª fase 2ª fase


Foto Pedro Fonseca Jorge / Pedro Cavaco Leitão

abstracts

português
A Casa na Cruz de Oliveira, localizada em Benedita, Alcobaça, Portugal, contou com duas fases de projeto e construção, sendo a expansão considerada como possibilidade e improviso.

how to quote

PORTAL VITRUVIUS. Casa na Cruz de Oliveira. Projetos, São Paulo, ano 15, n. 171.02, Vitruvius, mar. 2015 <http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/projetos/15.171/5467>.


A casa foi concebida desde o início como evolutiva, adaptando-se à necessidade do(s) ocupantes(s). Inicialmente um único, para o qual se concebeu um “loft” sob a forma de uma casa que reunia o essencial num espaço aberto, delimitado pelos patamares interiores criados pela pendente suave do terreno. Paralelamente, esperando utentes futuros, portas (quase paredes) de correr foram ocultas de modo a encerrar cada um dos espaços.

Sendo o futuro imprevisível, não foram desenhados os anexos: apenas se criaram os pontos de “amarração” a partir dos quais cresceria a casa, que tomaram a forma de corredores que desembocavam em portas/janelas para o exterior, emoldurando o porvir.

Durante a construção “adicionou-se” um utente e a expansão “futura” tornou-se parcialmente “presente”: a sala de refeições nasceu com o núcleo central da casa, formalizada no volume avançado, a sul, para onde aliás toda a casa se orienta, em busca do sol e da serra.

Os utentes configuram agora uma família, e presta-se o momento de adicionar um terceiro volume, na continuação do corredor que nasce nas escadas vindas da cave, percorre paralelamente à cozinha, sala, quarto, desembocando na nova extensão onde três quartos se ocultam atrás de painéis brancos a “brincar às portas”. O percurso termina na mesma janela de antes, “transladada” do términus original do corredor para a sua extensão.

No total, procurou-se coerência entre as diversas fases do projeto, recuperando materiais e técnicas usadas, sendo que a assunção dos diversos momentos do projeto se consegue através dos intervalos entre os distintos volumes.

sobre o autor

Pedro Fonseca Jorge (Benedita, Portugal, 1977), é arquiteto, mestre em Intervenção no Patrimônio e doutor em ‘Habitação Mínima’. Colaborou com Francisco Barata Fernandes, tendo atividade própria desde 2003. Como parar é morrer, frequenta atualmente um Mestrado em Design de produto.

ficha técnica

nome do projeto
Casa na Cruz de Oliveira

localização
Benedita, Alcobaça

data do projecto/conclusão da obra
2005/2006 (primeira fase)
2011/2012 (segunda fase)

autor
Arquiteto Pedro Fonseca Jorge

especialidades
Cristiano Vicente Isabel e Júlio da Silva

construtor
Manuel Mendes

Crédito das fotos

1ª fase: Pedro Fonseca Jorge e Pedro Cavaco Leitão

2ª fase: Marcos Paixão

comments

171.02 residência unifamiliar
abstracts
how to quote

languages

original: português

source
Pedro Fonseca Jorge
Portugal

share

171

171.01 infraestructura

Estación de metro Clichy – Montfermeil, París

newspaper


© 2000–2019 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided