Seu navegador está desatualizado.

Para experimentar uma navegação mais interessante, recomendamos que você o atualize clicando em um dos links ao lado.
Todos são gratuitos e fáceis de instalar.

 
  • em vitruvius
    • em revistas
    • em jornal
  • \/
  •  

pesquisa

revistas

projetos  

arquitetura museografia

sinopses

como citar

PORTAL VITRUVIUS. Museu do Trabalho e dos Trabalhadores. Projetos, São Paulo, ano 18, n. 207.04, Vitruvius, mar. 2018 <http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/projetos/18.207/6924>.


O Museu do Trabalho e do Trabalhador – projeto dos arquitetos Francisco Fanucci, Marcelo Ferraz e Cícero Ferraz Cruz, do escritório Brasil Arquitetura – será implantado em um terreno cerca de dez mil m² onde se situava o antigo Mercado, ao lado do Paço Municipal de São Bernardo do Campo, sobre o rio Ribeirão dos Meninos, na antiga estrada que fazia a ligação São Paulo – Santos.

Seu terreno funcionará como uma extensão do Parque do Paço Municipal, em meio a um jardim que, entre árvores e flores, será habitado por máquinas, instrumentos, ferramentas, artefatos: objetos que nos remetem às origens, às vivências, à idéia do trabalho ao longo da história da humanidade.

Museu do Trabalho e do Trabalhador, corte esquemático, São Bernardo do Campo. Escritório Brasil Arquitetura
Desenho de Francisco Fanucci [Brasil Arquitetura]

Este “jardim público do trabalho” adentra sob o corpo edificado principal sobrelevado do museu e revela o seu grande espaço central de acolhimento. Espaço-rua que dá acesso e cruza o terreno e o edifício, ligando a Av. Armando Ítalo Setti e a Rua dos Vianas, inserindo-se no tecido da cidade.

Museu do Trabalho e do Trabalhador, São Bernardo do Campo, maquete do projeto
Imagem divulgação [Brasil Arquitetura]

Museu do Trabalho e do Trabalhador, São Bernardo do Campo, maquete do projeto
Imagem divulgação [Brasil Arquitetura]

Museu do Trabalho e do Trabalhador, São Bernardo do Campo, maquete do projeto
Imagem divulgação [Brasil Arquitetura]

De um lado o bloco das funções administrativas e de apoio, reserva técnica, salas de máquinas e sistemas de circulação vertical. De outro, o volume elevado que abrigará os espaços expositivos internos. Os dois blocos se conectam por passarelas que cortam o vazio vertical do espaço-rua. Este local de acolhimento, alargado em seu centro por dobraduras nas paredes estruturais de concreto e protegido por grandes planos de vidro transparente, deixa à mostra o movimento e a vida do museu. O piso térreo abrigará a loja e o café, será o espaço da convivência: entre os visitantes do museu e a cidade.

Museu do Trabalho e do Trabalhador, São Bernardo do Campo, vista do projeto
Divulgação [Brasil Arquitetura]

Museu do Trabalho e do Trabalhador, São Bernardo do Campo, vista externa
Imagem divulgação [Brasil Arquitetura]

Museu do Trabalho e do Trabalhador, São Bernardo do Campo, vista externa
Imagem divulgação [Brasil Arquitetura]

Museu do Trabalho e do Trabalhador, São Bernardo do Campo, vista interna
Imagem divulgação [Brasil Arquitetura]

Museu do Trabalho e do Trabalhador, São Bernardo do Campo, vista interna
Imagem divulgação [Brasil Arquitetura]

Museu do Trabalho e do Trabalhador, São Bernardo do Campo, vista noturna
Imagem divulgação [Brasil Arquitetura]

ficha técnica dos projetos de arquitetura e complementares

projeto
Museu do Trabalho e do Trabalhador

local
São Bernardo do Campo SP Brasil

ano
2016

autores
Brasil Arquitetura
Francisco Fanucci, Marcelo Ferraz, Cícero Ferraz Cruz

desenvolvimento do executivo de arquitetura
Apiacás Arquitetos

projeto de estrutura
FT Oyamada

projeto geotécnico
Ludemann Engenheiros Associados

projeto de instalações
MBM Instalações Prediais

projeto de climatização
TR Térmica

projeto de luminotécnica
Lux Projetos - Ricardo Heder

projeto de paisagismo
Raul Pereira Paisagismo

consultoria acústica
Harmonia Acústica

comentários

207.04 edifício cultural
sinopses
como citar

idiomas

original: português

fonte

compartilhe

207

207.01 crítica

Escola Ayelén: paisajes del aprendizaje

Ángela Ibáñez, Elisa Izquierdo, José Quintanilla e Marcial Huneeus

207.02 urbanismo

Ciclovia Avenida Paulista

207.03 equipamento social

Centro Experimental Floresta Ativa – CEFA

jornal


© 2000–2018 Vitruvius
Todos os direitos reservados

As informações são sempre responsabilidade da fonte citada