Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

projects ISSN 2595-4245


abstracts

português
Em lote amplo, de esquina, com arborização densa, onde já havia uma clareira, se implanta a casa projetada pelo escritório Una Arquitetos na cidade de Cotia.

how to quote

PORTAL VITRUVIUS. Casa em Cotia. Projetos, São Paulo, ano 18, n. 210.01, Vitruvius, jun. 2018 <http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/projetos/18.210/7027>.


Desenhar uma casa pressupõe assumir o compromisso de abrigar as relações de uma família. Ambientar a infância, a jornada da vida e estabelecer escalas de medida do mundo. Ao mesmo tempo, entendemos o projeto como ensaio, uma possibilidade de muitas outras construções. Esse, em particular, procura reforçar o caminhar, o passeio, como forma de percepção do lugar. Tempos que convivem. O desejo de uma casa na qual "aquela travessia durou só um instantezinho enorme” (Guimarães Rosa).

O lote amplo, de esquina, já possuía arborização densa, oposta à alameda de acesso, onde havia uma clareira. A implantação aproveita essa área livre, busca resguardar os moradores dos ruídos da rua e se abre para a pequena mata. O desafio é construir o chão, ampliando suas qualidades.

A construção, em corte, se acomoda à geografia, território paulista de pequenos morros. O desenvolvimento, em planta, permite integração entre os espaços interiores e exteriores, que se alternam, se dobram e se completam com água, fogo, vegetação. Quatro patamares construídos a partir de três muros de arrimo paralelos organizam a paisagem.

A cobertura plana é um jardim que quase toca a parte alta do sítio, facilitando o acesso a sua extensão de 45 metros. A estrutura de concreto abriga todo o programa, enquanto o terreno se movimenta, criando planos com ambientes de alturas distintas.

A entrada se realiza pela parte baixa, à sombra criada pelo volume dos dormitórios, uma estrutura metálica pendurada na de concreto. Uma casa em rampas, como as de Artigas, que permite a continuidade dos passeios. O primeiro lance, em ponte sobre a água, conduz à sala de estar e cozinha, com pé direito maior. No segundo lance, a rampa, agora metálica, estabelece a conexão com quartos e biblioteca. Uma leve inflexão no volume garante melhor insolação e proteção para esses cômodos.

Em contraponto à face cega para a rua, uma varanda garante sombra à tarde. Desta forma, se completa um caminho, como desenho contínuo, interligando todos os espaços, subindo e descendo a encosta, sem determinar se estamos nos enterrando ou submergindo.

ficha técnica

local
Cotia SP Brasil

datas
Projeto: 2012
Obra: 2016

arquitetura
Cristiane Muniz, Fábio Valentim, Fernanda Barbara, Fernando Viégas (autores); Carlos Faccio, Eduardo Martorelli, Henrique Te Winkel, Hugo Bellini, Julia Jabur Zemella, Marie Lartigue, Marta Onofre, Naiara Hirota, Rodrigo Carvalho (colaboradores).

áreas
Terreno: 2.600 m²
Interna construída: 400 m²
Construída: 730 m²

levantamento topográfico
Projecto

sondagem de solo
Ação Engenharia

estrutura
Companhia de Projetos

instalações
Zamaro

luminotecnia
Lux Projetos

impermeabilização
PROASSP

paisagismo
Soma

irrigação
Irrigar

acústica
Acústica Design

esquadrias
JMar

jardins
Doering paisagismo

construção
F2 Engenharia

grafite
Zezão

fotos
Nelson Kon

fotos drone
Bebete Viégas

comments

210.01 habitação unifamiliar
abstracts
how to quote

languages

original: português

source

share

210

210.02 projeto

Casa de Òsùmàrè

Antonio Riserio

210.03 edifício escolar

Escola Vila Luiza

Karine Knob

newspaper


© 2000–2018 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided