Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

projects ISSN 2595-4245


abstracts

português
O Pavilhão Nuvem ArcelorMittal na Casacor Minas Gerais 2018, do escritório Arquitetos Associados, foi concebido a partir da possibilidade de reutilizar sua estrutura em outros contextos e múltiplos usos.

english
The ArcelorMittal Pavilion at Casacor Minas Gerais 2018, by Arquitetos Associados, was conceived based on the possibility of reusing its structure in other contexts and multiple uses.

español
El Pabellón ArcelorMittal en Casacor Minas Gerais 2018, de Arquitetos Associados, fue concebido en base a la posibilidad de reutilizar su estructura en otros contextos y usos múltiples.

how to quote

PORTAL VITRUVIUS. Pavilhão Nuvem ArcelorMittal. Edificação para Casacor Minas Gerais 2018. Projetos, São Paulo, ano 19, n. 224.01, Vitruvius, ago. 2019 <http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/projetos/19.224/7441>.


Pensar um pavilhão efêmero com ampla liberdade de experimentação, sem as restrições que usualmente se apresentam em projetos convencionais, é uma oportunidade que a ArcelorMittal oferece aos arquitetos, trilhando um caminho raro no Brasil e frequente em instituições, museus e centros de cultura mundo afora, que promove a arquitetura na sua mais profunda razão: a pesquisa tecnológica e espacial dedicada à invenção de novas possibilidades para a vida. Daí seu valor.

Nesta edição, o desafio consistiu em ir além da instalação efêmera, pensando uma implantação inicial na Casacor Minas Gerais que permitisse múltiplos usos e ao mesmo tempo sua desmontagem e remontagem em outros contextos. A ideia de reutilizar e ampliar a vida da estrutura vem no encontro das mais contemporâneas tendências da economia circular que a ArcelorMittal abraça em sua atuação.

Pavilhão Nuvem ArcelorMittal na Casacor MG 2018, Belo Horizonte MG Brasil, 2018. Arquitetos Rafael Gil, Carolina Miguez, Filipe Silva Gonçalves e Marcos Vinicius Lourenço / Arquitetos Associados
Foto Alexandre Brasil

Sua inserção na rua Sapucaí, um contexto urbano vivo em franco processo de transformação, vem reforçar a vocação cultural e gastronômica da região. No pátio frontal do belo casarão histórico tombado onde outrora funcionavam escritórios da extinta Rede Mineira de Viação e da Rede Ferroviária Federal, o pavilhão explora diferentes relações com o contexto: a vista para a cidade que a elevação em relação à rua Sapucaí oferece; a integração da locomotiva, que atravessa o pavilhão; a sombra das árvores da calçada; a vista para o próprio casarão.

Pavilhão Nuvem ArcelorMittal na Casacor MG 2018, Belo Horizonte MG Brasil, 2018. Arquitetos Rafael Gil, Carolina Miguez, Filipe Silva Gonçalves e Marcos Vinicius Lourenço / Arquitetos Associados
Foto Dentro Fotografia

 

O pavilhão utiliza telas soldadas nervuradas nas suas dimensões de fabricação para definir a modulação geral do sistema, a fim de evitar a geração de resíduos e perdas na produção. Adota um sistema de industrialização das partes com montagem no local, de modo a permitir sua desmontagem ao final do evento, seu transporte para uma localização definitiva e sua remontagem integral, onde a mesma estrutura será utilizada para outros fins. Amplia-se, assim, o ciclo de vida desta pequena edificação.

“Outras nuvens”, vídeo inspirado no processo de criação do Pavilhão Nuvem ArcelorMittal, Arquitetos Associados

É, portanto, mais do que um edifício ou um objeto: ele resulta de uma lógica de sistema. Assim pensamos os principais elementos que constituem esse sistema: módulos de paredes portantes, módulos para coberturas, módulos para espaços de apoio/sanitários, sistema para nivelamento das peças no piso, módulos para bancos ou arquibancadas. Além destes, aplicados no pavilhão, também se prevê um conjuntos de elementos de cobertura que pode receber um material translúcido, em policarbonato, ou opaco, em telha metálica com isolamento termo-acústico. Essa cobertura permitirá ampliar o potencial de uso da estrutura também para períodos chuvosos. A lógica de sistema permitirá pensar em outros pavilhões e edifícios, maiores, menores, com outros atributos espaciais e para outras finalidades.

Pavilhão Nuvem ArcelorMittal na Casacor MG 2018, esquema modulação, Belo Horizonte MG Brasil, 2018. Arquitetos Rafael Gil, Carolina Miguez, Filipe Silva Gonçalves e Marcos Vinicius Lourenço / Arquitetos Associados
Imagem divulgação [Arquitetos Associados]

A partir de uma tela padrão, recorta-se o módulo. Nele são soldadas treliças nervuradas para estruturar o conjunto e receber o próximo painel de tela. Repete-se a operação sucessivas vezes, formando um módulo de paredes.

Acrescentam-se suportes em barra chata para conexão entre os módulos, a fim de montar as paredes. Empilhados e soldados os módulos, constrói-se a parede vazada, com capacidade estrutural.

As regras para combinação decorrem da própria lógica construtiva: os elementos de estrutura de teto, uma vez montados, são travados nas paredes por peças conectoras em perfis leves. Quando aparafusados, estabilizam o sistema. Sua lógica de montagem exige paredes em pelo menos dois lados, ou em trechos parciais dos quatro lados. Os módulos de cobertura, de 6 por 6 metros, podem se combinar em linha, em malha e em malha defasada. Assim, um conjunto variado de possibilidades de arranjos e escalas surge, revelando o amplo potencial do sistema para a criação de espaços de lazer, descompressão, avarandados e multiusos, que podem ter espaços de apoio associados, conforme a necessidade, alternando grandes espaços indeterminados e módulos menores de apoio. Nestes últimos, o elemento vertical que conforma o espaço interno é revestido em espelho, que reflete a malha estrutural que o envolve e assim dissimula a presença do espaço fechado, potencializando o caráter diáfano e imaterial da construção.

Pavilhão Nuvem ArcelorMittal na Casacor MG 2018, possibilidades de modulação, Belo Horizonte MG Brasil, 2018. Arquitetos Rafael Gil, Carolina Miguez, Filipe Silva Gonçalves e Marcos Vinicius Lourenço / Arquitetos Associados
Imagem divulgação [Arquitetos Associados]

A possibilidade de dispensar envoltórias pesadas e demarcações estritas entre o interior e o exterior favorece a integração com o entorno, com grande transparência e permeabilidade. Para a montagem na Casacor Minas Gerais, incluímos cortinas leves em linho, que conferem mais intimidade ao espaço interno e, quando abertas, permitem a integração com as áreas livres e o atravessamento do olhar pelas malhas das estruturas. Para os momentos em que o pavilhão se abre e se oferece à livre apropriação do público, ganchos de vergalhão podem receber redes de descanso, conformando um espaço lúdico e um intervalo na intensa experiência de visitação do evento. A nuvem de aço a um só tempo abriga e revela sutilmente o interior. Conforma o espaço e estabelece conexões sutis com as paisagens do entorno. Envolve e acolhe. Assim pensamos esse pavilhão, que oferece aos visitantes do evento um lugar de pausa e intervalo.

“Outras nuvens”, vídeo institucional do Pavilhão Nuvem ArcelorMittal, Arquitetos Associados

ficha técnica

projeto
Pavilhão ArcelorMittal na Casacor MG 2018

local
Belo Horizonte MG Brasil

ano
2018

arquitetura
Rafael Gil, Carolina Miguez, Filipe Silva Gonçalves e Marcos Vinicius Lourenço (autores) / Arquitetos Associados

execução
Jorge Maciel da Silva / Precon Estiraço

consultoria de iluminação
Mariana Novaes / Atiaîa Lighting Design

paisagismo
Felipe Fontes / FLP Paisagismo

cliente
ArcelorMittal

foto
Dentro Fotografia / Gabriel Castro / Olada Audiovisual / Pablo Lobato

vídeos
Outras Nuvens / Olada Audiovisual

comments

224.01 arquitetura efêmera
abstracts
how to quote

languages

original: português

source

share

224

224.02 casa de veraneio

Casa D

224.03 arquitetura e paisagem

Casa Vila Rica

224.04 institucional

Nova sede da Beacon School

224.05 edifício comunitário

Coberturas no Xingu

newspaper


© 2000–2019 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided