Seu navegador está desatualizado.

Para experimentar uma navegação mais interessante, recomendamos que você o atualize clicando em um dos links ao lado.
Todos são gratuitos e fáceis de instalar.

 
  • em vitruvius
    • em revistas
    • em jornal
  • \/
  •  

pesquisa

revistas

jornal

notícias

Paulo Mendes da Rocha e Raquel Rolnik defendem a finalização da obra do Museu do Trabalho e dos Trabalhadores.

Na edição de hoje do jornal paulistano Folha de S.Paulo, os arquitetos Paulo Mendes da Rocha e Raquel Rolnik defendem a finalização da obra do Museu do Trabalho e dos Trabalhadores, projeto do escritório Brasil Arquitetura, que se encontra paralisado por causa do andamento da ação conjunta entre o Ministério Público e a Polícia Federal, que apontou supostos indícios de superfaturamento do projeto de arquitetura, paralisando as obras, prendendo um dos arquitetos no final de 2016 – Francisco Fanucci –, e bloqueando os seus bens e de seus familiares, assim como de seu sócio Marcelo Ferraz.

Segundo os autores do artigo, publicado na seção "Tendências/Debates" na página 3 do periódico, a Operação Hefesta não se desdobrou em julgamento e o processo encontra-se parado até hoje, “impedindo estes profissionais de trabalhar”.

Mendes da Rocha e Rolnik dirigem um convite aos interessados: “aos amantes da arquitetura, convidamos todos a conhecer o projeto e sua museografia no portal Vitruvius, a lutar para que o museu seja concluído, que São Bernardo e seus cidadãos ganhem esta obra, e que os profissionais envolvidos possam continuar trabalhando e tocando suas vidas em paz”.

Museu do Trabalho e dos Trabalhadores
São Bernardo do Campo SP Brasil, 2016
Brasil Arquitetura
http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/projetos/18.207/6924

Museu do Trabalho e dos Trabalhadores

fonte
Portal Vitruvius / Folha de S.Paulo
São Paulo SP Brasil

compartilhe


© 2000–2020 Vitruvius
Todos os direitos reservados

As informações são sempre responsabilidade da fonte citada