Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

drops ISSN 2175-6716

abstracts

português
Prêmio Internacional de Arquitetura Francesco Borromini - Premiando a obra de Jean Nouvel, o Júri entende enaltecer o espírito experimental dos projetos de edifícios que renovaram a definição atual da arquitetura

how to quote

SABBAG, Haifa Yazigi. Prêmio Internacional de Arquitetura Francesco Borromini. Jean Nouvel é o vencedor. Drops, São Paulo, ano 02, n. 003.02, Vitruvius, jul. 2001 <https://www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/02.003/1576>.


Em 9 março de 2001, o Júri do Prêmio Borromini, composto por Jean Baudrillard, Giuseppe Campos Venuti, Jean Louis Cohen, Rolf Fehlbaum, Zaha Hadid, Paolo Portoghesi e Richard Rogers, proclamou Jean Nouvel o vencedor do Premio Internazionale di Architettura Francesco Borromini, edição 2001.

A proclamação foi feita durante uma solenidade ocorrida em Roma, no Campidoglio, com a presença da Ministra para os Bens Culturais e Ambientais, Giovanna Melandri.

O nome de Jean Nouvel, que mereceu o Prêmio pelo Concert Hall de Lucerna, saiu de uma lista de oito candidatos: Patrick Berger, Toyo Ito, Peter Eisenman, Rafael Moneo, Herzog e de Meuron, Imre Makovecz, Aimaro Isola.

Na mesma solenidade, o Júri da "Seção Jovem" do Prêmio Borromini, composto por Shigeru Ban, Francesco Cellini, Francesco Dal Co, Javier Mariscal e Carme Pinòs, anunciou a lista dos dez arquitetos, abaixo de 41 anos, que concorrerão à fase final da "Seção Jovem" do Premio Internazionale di Architettura Francesco Borromini: ARO Architectural research office (EUA), Camenzind Grafensteiner AG (Suíça), Jae Cha (Índia), Peter Ebner (Áustria), Shuhei Endo (Japão), Bernard Khoury (Líbano), Mathias Klotz (Chile), Jacob + MacFarlane (França e Inglaterra), Jean-Philippe Lanoire, Sophie Courrian (França), Alfredo Paya Benedito (Espanha).

Os dez finalistas são fruto de uma decisão unânime dos jurados que salientaram como as obras apresentadas "são expressões de uma pesquisa empenhada e original, tanto no aspecto lingüistico e expressivo (nel quale tutti i gruppi selezionati dimostrano finezza, penetrazione e qualità poetica), como profundamente enfronhada nas motivações muito profundas da pesquisa projetual contemporânea".

Motivações do Juri para conferir o prêmio a Jean Nouvel

Premiando a obra de Jean Nouvel, o Júri entende enaltecer o espírito experimental dos projetos de edifícios que renovaram a definição atual da arquitetura:

1. como paisagem tanto metropolitana (Fondazione Cartier) ou articulada à natureza (em Lucerna, na relação com o lago);

2. como geometria e dispositivo tecnológico empenhada na pesquisa de novas configurações espaciais;

3. como especulação do conceito do objeto arquitetônico, através da diluição dos limites e da percepção.

Deste modo vem amplamente renovado o aporte crítico que caracteriza o empenho de um Borromini na contestação do código dominante em sua época.

Jean Nouvel (Fumel, França, 1945)

Prêmios e distinções1983 Chevalier del "Ordre des Arts et des Lettre1983 Medaglia d'argento della Académie d'Architectue1983 Dottore "Honoris Causa" alla Università di Buenos Aires1987 Chevalier del "Ordre du Mérite"1987 Grand Prix National d'Architecture1993 Honorary fellow, AIA Chicago (American Institute of Architects)1995 Honorary fellow, RIBA (Royal Institute of British Architects)1997 Commandeur dans l'Ordre des Arts et des Lettres1999 Medaglia d'oro della Accademia di Architettura Francese2000 Leone d'Oro alla Biennale di Venezia

Principais edifícios em construçãoMediapark Block 1, Colônia – AlemanhaImmeuble ING, Praga - República ChecaMusée Gallo Romain, Périgueux – FrançaShiodome Project, Tóquio – JapãoDumbo Project, Nova York – EUAJVC Business Center, Guadalajara – MéxicoAGBAR - La Tour Diagonal Glorias, Barcelona – EspanhaUrban Entertainment Center, Frankfurt – AlemanhaMusée de la Reine Sophie, Madri – EspanhaMusée des Arts Primitifs, Parigi - Quai Branly – FrançaMusée d'Art et d'Histoire, Genebra – Suíça

Principais edifícios realizados

1981 Institut du Monde Arabe, Paris – França1981 Prix Equerre d'Argent1981 Prix Aga Khan1989 INIST, Nancy – França1989 Hôtel Saint James Bouliac, Bordeaux – França1989 Architectural Record Prize1992 Hôtel delle Terme, Dax – França1993 Le Nouvel Opéra, Lione – França1993 Premio Equerre d'Argent1993 Centro Congresso, Tours – França1993 Usine Cartier, Villeret – Suíça1994 Le triangle des gares, Lille – França1995 Fondation Cartier, Paris – França1996 Friedrichstadt Passagen Block 207, Berlim – Alemanha1998 Edifici per abitazioni, Viena – Áustria1999 Centro conferenze di Lucerna, Lucerna – Suíça2000 Città giudiziaria, Nantes – França2000 Hôtel Schiller, Lucerna – Suíça2000 Expo 2000, Hannover – Alemanha2000 Fondation Cognacq-Jay, Rueil-Malmaison – França2000 Forum Scientifique, Frameries - Bélgica

notas

[publicação: março 2001]

Haifa Sabbag, São Paulo SP Brasil

Centro Cultural e de Conferências de Lucerna, Suíça

 

comments

newspaper


© 2000–2020 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided