Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

interview ISSN 2175-6708

abstracts

português
Em sua passagem pelo Brasil, Paul Oliver dá uma entrevista às arquitetas Ana Cristina Villaça e Rosana Soares Bertocco Parisi, na qual fala sobre arquitetura vernacular e o uso de seus materiais

how to quote

PARISI, Rosana S. B.; VILLAÇA, Ana Cristina . Paul Oliver. Entrevista, São Paulo, ano 09, n. 035.03, Vitruvius, jul. 2008 <https://www.vitruvius.com.br/revistas/read/entrevista/09.035/3285>.


Casa de terra nos arredores de Maceió
Foto Rosana Parisi

Arquitetura vernacular, arquitetura de terra e suas potencialidades sob o criterioso olhar do arquiteto inglês Paul Oliver

A entrevista que ora apresentamos foi realizada em novembro de 2006 durante o I TerraBrasil - I Seminário Brasileiro de Arquitetura e Construção com Terra e IV ATP – IV Seminário de Arquitectura de Terra em Portugal, pela primeira vez realizado fora deste país, na cidade de Ouro Preto, Minas Gerais, Brasil.

Em uma grata coincidência, foi neste evento que o arquiteto inglês Paul Oliver (1927) iniciou sua primeira visita ao Brasil, realizando um antigo sonho.

Oliver atua como pesquisador no Oxford Institute for Sustainable Development e é membro da Oxford Brookes University, da University of Exeter, e do Royal Anthropological Institute, além de ser membro do Comitê Científico de RehabiMed.

Este arquiteto é considerado um dos maiores especialistas em Arquitetura Vernacular do mundo, tendo editado em 1997 pela Cambridge University Press a “Vernacular Architecture of the World”. Esta obra é composta de três volumes e um total de 2500 páginas que agregam contribuições de pesquisadores sobre Arquitetura Vernacular de 80 países do mundo. Anos mais tarde, em 2005, editou o “Atlas Mundial de Arquitetura Vernacular”. Infelizmente suas publicações não estão disponíveis em português.

Há mais de 30 anos, Oliver se desloca e se aventura em distantes locais do planeta para resgatar e contextualizar elementos e referências históricas que são produtos de uma genuína expressão da arquitetura popular dos diversos povos, sejam africanos, asiáticos, europeus ou sul-americanos.

Paul Oliver foi também professor do Architectural Association de Londres por doze anos, além de Chefe do Departamento de Arquitetura da Oxford Polytechnic e Diretor de Arte e Design do Darlington College of Arts.

Com seus 81 anos e muita disposição, Paul Oliver viajou ao Brasil e teve realizado o sonho de poder fotografar e conhecer as favelas do Rio de Janeiro, após o encerramento do evento em Ouro Preto.

Ele foi referenciado na obra de Günter Weimer, “Arquitetura Popular Brasileira”, publicada pela Martins Fontes em 2005, logo quando este autor começa o seu primeiro capítulo denominado: “Como mora o povo brasileiro”. No trecho mencionado por Weimer, Paul Oliver afirma que “a história se libertou em grande parte desse espartilho (referindo-se àquela história que os livros escolares contavam, que incluíam, entre outros, reis, rainhas, imperadores e batalhas...) e já se interessa muito mais pela natureza mutante e pela evolução da sociedade como um todo”.

As atividades de Paul não se restringem ao campo das Artes e Arquitetura. Oliver é também uma referência na pesquisa histórica sobre o Blues e suas raízes.

Esperamos que o breve contato estabelecido durante o TerraBrasil 2006 possa despertar o interesse pelos temas da Arquitetura Vernacular e da Arquitetura de Terra, tão caros nesse mundo permeado por notícias de crises e de esgotamento de recursos.

O Professor Paul comenta que soluções satisfatórias para suprir a demanda mundial de habitações serão possíveis através do estudo, do apoio e da manutenção adequada do repertório mundial de arquitetura vernacular. Para ele, a arquitetura vernacular constitui uma fonte inesgotável de exemplos e referências que se caracterizam por sua simplicidade, além de agregar elementos naturais, econômicos e sustentáveis para as moradias.

Ana Villaça, Paul Oliver e Rosana Parisi no Auditório da Escola de Farmácia da UFOP, durante o TerraBrasil 2006

comments

035.03
abstracts
how to quote

languages

original: português

share

035

035.01

Igor Guatelli

André Teruya Eichemberg

035.02

Renato Viégas

Clarissa Turin Jerez and Joana Mello

035.04

Maria Helena Flores Guinle e Luiz Guinle

Abilio Guerra

newspaper


© 2000–2019 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided