Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

interview ISSN 2175-6708

abstracts

português
A entrevista tematiza o ensino de Projeto de Arquitetura na FAUP: o que considera-se possível de ser ensinado na disciplina, qual o papel da criatividade, como ocorre a relação entre alunos e professores e a recepção do estudante no meio profissional.

english
The interview´s theme is the teaching of “Architecture Project” in FAUP: what is considered possible to be teached, what is the role of creativity, how is the relationship between teachers and students, and their reception in the professional environment.

español
La entrevista tiene como tema el ensino de Proyecto de Arquitectura de FAUP: lo que se considera posible de ser enseñado, cual es el papel de la criatividad, como ocurre la relación entre los maestros y estudiantes, y su entrada en el medio profesional.

how to quote

COELHO KOTCHETKOFF, Júlia. Entrevista com Maria Madalena Pinto da Silva. O ensino de projeto de arquitetura. Entrevista, São Paulo, ano 16, n. 063.01, Vitruvius, jul. 2015 <https://www.vitruvius.com.br/revistas/read/entrevista/16.063/5540>.


Maquete de produto final - Trabalho de Rita Câncio para a disciplina de Projeto 2 na FAUP.

Júlia Kotchetkoff: Considera que o modo de projetar durante a vida profissional, e a atuação como arquiteto em geral, é reflexo, continuidade da formação na universidade ou há uma ruptura?

Maria Madalena Pinto da Silva: Durante o ensino de projeto, durante os seus seis anos normais de curso, os alunos vão percebendo o que é a realidade. Precisamente essa relação muito peculiar, mas ao mesmo tempo muito rigorosa com o sítio, com as condicionantes, com os regulamentos, eles vão construindo uma aprendizagem que, apesar ser um faz-de-conta fazendo arquitetura, há determinadas questões que nós não deixamos de fazer. Portanto, nós tentamos seguir algumas regras, alguns regulamentos, algumas questões que eles vão ter na prática do dia-a-dia quando chegarem lá fora. Portanto, em relação àquilo que é possível ou não é possível fazer, eles já são mais ou menos ensinados. Não vão achar que tudo é possível. Depois, em relação àquilo que sabem, e àquilo que têm que mostrar que sabem, para fazer e para construir, normalmente não têm problemas. Aliás antes pelo contrário, nós temos um feedback que nossos alunos se adaptam muito bem, porque têm uma capacidade muito grande de trabalho. Portanto, não sinto que os alunos, quando chegam lá fora como profissionais, que tenham problemas. Antes por contrário, e em diversas áreas, porque cada vez vemos mais que o aluno que se forma em arquitetura é capaz de diversificar, o seu campo profissional não é só fazer arquitetura. Há quem vá para o ensino, para câmaras, os que não fazem arquitetura, mas fazem gestão, ou há quem se dedique ao planejamento, há quem se dedique ao cinema, no teatro ou ao design, quer dizer, há áreas de outras artes que naturalmente podem abarcar, anexar no seu seio um arquiteto. Cada vez vemos mais capacidade, precisamente por não sermos especialistas. E precisamente por quem escolhe arquitetura já ter esta vontade de ambular pelas artes e auto referenciar-se em cada uma delas, ou numa especificamente. E portanto a notícia que vamos tendo costuma ser sempre do sucesso, mesmo internacionalmente.

Aliás, a dificuldade atual não será tanto a competência dos nossos alunos depois de saírem da faculdade, mas a dificuldade de encontrarem trabalho no nosso país. O que cria a obrigação de deixar o seu país, não como escolha, mas como única possibilidade de trabalho e sem saberem quando ou em que condições poderão regressar para fazerem o que amam fazer e para o qual estão preparados.

comments

063.01
abstracts
how to quote

languages

original: português

share

063

063.02

Entrevista com o arquiteto Peter Mehrtens

Gabriela Celani, Wilson Barbosa Neto and Juarez Moara Santos Franco

063.03

Entrevista com Eduardo Souto de Moura

Isa Clara Neves

063.04

Entrevista com a arquiteta paisagista Rosa Kliass

Antônio Agenor Barbosa, Rachel Paterman and Stella Rodriguez

063.05

Entrevista com o designer Sergio Rodrigues

Marcelo Bezerra

newspaper


© 2000–2019 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided