Seu navegador está desatualizado.

Para experimentar uma navegação mais interessante, recomendamos que você o atualize clicando em um dos links ao lado.
Todos são gratuitos e fáceis de instalar.

 
  • em vitruvius
    • em revistas
    • em jornal
  • \/
  •  

pesquisa

revistas

entrevista ISSN 2175-6708

sinopses

português
As arquitetas Lena Império, Maria Cau Levy e Victória Braga, do coletivo Goma Oficina, entrevistam o arquiteto equatoriano David Barragán, do escritório Al Borde, sediado em Quito, Equador.

english
The architects Lena Império, Maria Cau Levy and Victoria Braga, from the collective Goma Oficina, interview the Ecuadorian architect David Barragán, from the Al Borde office, based in Quito, Ecuador.

español
Las arquitectas Lena Imperio, Maria Cau Levy y Victória Braga, del colectivo Goma Oficina, entreviste al arquitecto ecuatoriano David Barragán, de la oficina Al Borde, con sede en Quito, Ecuador.

como citar

IMPÉRIO, Lena; LEVY, Maria Cau; BRAGA, Victoria. David Barragán. Goma Oficina entrevista Al Borde. Entrevista, São Paulo, ano 20, n. 077.01, Vitruvius, fev. 2019 <https://www.vitruvius.com.br/revistas/read/entrevista/20.077/7255>.


David Barragan, do escritório Al Borde
Foto Goma Oficina

Em entrevista cedida à Goma Oficina, David Barragán conta um pouco da experiência de trabalho do Al Borde, escritório de arquitetura localizado em Quito, Equador, do qual é responsável juntamente com Pascual Gangotena, Marialuisa Borja e Esteban Benavides.

A atuação do escritório está relacionada diretamente à divisão entre trabalho manual e trabalho intelectual no exercício da arquitetura. Apesar de ser resultado de um processo de construção histórica e social, essa divisão se apresenta, ainda hoje, quase que como um “dado científico incontestável”, tamanho silêncio que se faz acerca do assunto.

De certa maneira, projetos que adquiriram reconhecimento internacional, como a Escola Nova Esperança (1), conseguem quebrar essa ausência de ruído e trazer à tona as contradições inerentes à arquitetura, bem como revelar, de maneira mais contundente, caminhos alternativos de atuação da profissão. Ao apresentar esse projeto, o arquiteto mostra como ele é um forte exemplo de que os conhecimentos técnicos imprescindíveis ao exercício da arquitetura transpassam as barreiras do conhecimento formal e podem ser assimilados e reinterpretados a partir de experiências empíricas e coletivas.

Participantes do Programa de Residência do escritório
Foto divulgação [Website Al Borde]

nota

1
AL BORDE. Escuela Nueva Esperanza <www.albordearq.com/escuela-nueva-esperanza-nueva-esperanza-school>.

comentários

077.01
sinopses
como citar

idiomas

original: português

compartilhe

077

jornal


© 2000–2019 Vitruvius
Todos os direitos reservados

As informações são sempre responsabilidade da fonte citada