Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

interview ISSN 2175-6708

abstracts

português
Em depoimento a Isabella de Serro Azul, o arquiteto e professor Sidney de Oliveira relata a sua experiência com a pré-fabricação em concreto armado nos projetos realizados em sociedade com o arquiteto professor Eduardo Kneese de Mello.

english
In this interview, the architect professor Sidney de Oliveira relates his experience with the prefabrication in reinforced concrete in the projects carried out in partnership with the architect professor Eduardo Kneese de Mello.

español
En esta entrevista, el arquitecto profesor. Sidney de Oliveira relata su experiencia con la pre-fabricación en concreto armado en los proyectos realizados en sociedad con el Arquitecto profesor Eduardo Kneese de Mello.

how to quote

SERRO AZUL, Isabella Silva de. Sidney de Oliveira. A experiência com a pré-fabricação em concreto armado do sócio de Eduardo Kneese de Mello. Entrevista, São Paulo, ano 20, n. 080.01, Vitruvius, out. 2019 <https://www.vitruvius.com.br/revistas/read/entrevista/20.080/7490>.


Conjunto Residencial da USP - Crusp, Cidade Universitária, São Paulo, 1961, arquitetos Eduardo Knesse de Mello, Joel Ramalho Jr. e Sidney de Oliveira
Foto Isabella Silva de Serro Azul, 2017

 

O primeiro edifício pré-fabricado de concreto armado com múltiplos pavimentos do Brasil foi o Conjunto Residencial da Universidade de São Paulo – Crusp, projetado em 1961 por Eduardo Kneese de Mello, Sidney de Oliveira e Joel Ramalho.

Neste depoimento, o professor Sidney de Oliveira relata a sua experiência com o pioneirismo do Crusp e com os outros edifícios pré-fabricados projetados em sociedade com o professor Eduardo Kneese de Mello, como o Ambulatório Médico de Especialidades – AME Várzea do Carmo, o AME Vila Maria Zélia, a Faculdade Farias Brito e o Cemitério Vila Paulicéia.

O arquiteto entrevistado conta que, apesar dos prejuízos financeiros, a persistência do seu sócio no emprego da pré-fabricação lhes trouxe a motivação necessária para a realização dos empreendimentos.

nota

NE – Esta entrevista foi inicialmente publicada em: AZUL, Isabella Silva de Serro. Sistemas construtivos pré-fabricados de concreto armado: habitações contemporâneas no Brasil. Dissertação de mestrado. São Paulo, FAU Mackenzie, 2018, p. 161-170.

comments

080.01 tecnologias construtivas
abstracts
how to quote

languages

original: português

share

080

newspaper


© 2000–2019 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided