Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

interview ISSN 2175-6708

abstracts

português
Em depoimento a Isabella de Serro Azul, o arquiteto e professor Sidney de Oliveira relata a sua experiência com a pré-fabricação em concreto armado nos projetos realizados em sociedade com o arquiteto professor Eduardo Kneese de Mello.

english
In this interview, the architect professor Sidney de Oliveira relates his experience with the prefabrication in reinforced concrete in the projects carried out in partnership with the architect professor Eduardo Kneese de Mello.

español
En esta entrevista, el arquitecto profesor. Sidney de Oliveira relata su experiencia con la pre-fabricación en concreto armado en los proyectos realizados en sociedad con el Arquitecto profesor Eduardo Kneese de Mello.

how to quote

SERRO AZUL, Isabella Silva de. Sidney de Oliveira. A experiência com a pré-fabricação em concreto armado do sócio de Eduardo Kneese de Mello. Entrevista, São Paulo, ano 20, n. 080.01, Vitruvius, out. 2019 <https://www.vitruvius.com.br/revistas/read/entrevista/20.080/7490>.


AME Vila Maria Zélia
Foto Isabella Silva de Serro Azul, 2018

Isabella Silva de Serro Azul: Como foi a experiência de projetar o ambulatório Vila Maria Zélia?

Sidney de Oliveira: Logo depois do AME Várzea do Carmo, fomos chamados para fazer o da Vila Maria Zélia. Hoje, é um posto que atende ao bairro.

Era um campo de futebol antes. O terreno era do Instituto Nacional da Previdência Social – INPS e, em comodato, o clube de futebol usava o local. O terreno tem ruas de todos os lados.

Como já tínhamos estudado sobre as clínicas para o outro posto do INPS, já conhecíamos as necessidades que elas teriam. Colocamos as clínicas como um baralho, formando um círculo e então, precisávamos resolver os dentes que ficaram.

Eu tinha visitado o México, fui em um congresso [...] visitei as pirâmides e isso foi importante para pensar nesse projeto. Pegamos as peças do catálogo da firma do Otacílio Ribeiro de Lima e escolhemos uma viga parecida com um trapézio, que tinha uma inclinação como a das pirâmides.

Fomos na firma do Otacílio, o arquiteto que trabalhava com pré-fabricação. Quando ele viu o projeto, chamou todos para verem também e gritou: quem disse que não dá para fazer um prédio redondo com pré-fabricado? E eram vários trapézios.

São três prédios e todos com peças da firma do Otacílio Ribeiro de Lima: o posto grande e redondo, dois edifícios no formato de meia lua e trezentas vagas de carro nas ruas internas. Um prédio tem saída para o subsolo que foi escavado e ia para o miolo do terreno, onde também estava o heliponto.

Fachada do AME Várzea do Carmo
Foto Isabella Silva de Serro Azul, 2018

comments

080.01 tecnologias construtivas
abstracts
how to quote

languages

original: português

share

080

newspaper


© 2000–2020 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided