Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

projects ISSN 2595-4245


abstracts

português
Veja o resultado do Concurso Nacional promovido pela Prefeitura Municipal de Londrina e organizado pelo IAB - Instituto dos Arquitetos do Brasil, que premiou os 5 melhores anteprojetos arquitetônicos para o Teatro Municipal de Londrina-PR

how to quote

PORTAL VITRUVIUS. Concurso Público Nacional de Arquitetura para o Teatro Municipal de Londrina - PR. Projetos, São Paulo, ano 07, n. 080.01, Vitruvius, jul. 2007 <https://www.vitruvius.com.br/revistas/read/projetos/07.080/2824>.


Introdução

“A necessidade de uma expressão monumental na arte e na arquitetura existiu e foi resolvida sempre em todas as civilizações. A nossa não pode ser uma exceção”.
Sigfried Giedio

O caráter do edifício a ser proposto: um equipamento desta natureza no contexto urbano projetado; uma “superquadra”, nos remete à questão da expressão e da representatividade. Um monumento que não tem intenção ostentatória como disse Lucio Costa, mas que restaura para aquele lugar sua expressão maior: a plenitude da dimensão arquitetural.

Implantação
Imagem do autor do projeto


A implantação a partir dos eixos indutores de fluxos contribui com nossa grande preocupação: a escala volumétrica apropriada, sem exageros em suas dimensões representativas, possibilitando a elegância harmônica do futuro “condomínio”; área propicia a espaços de convivência.

Se estamos falando da escala representativa e gregária; de convivência, ressaltamos ainda a consideração de L Kant que define a monumentalidade na arquitetura como uma qualidade espiritual inerente a uma estrutura intemporal e unitária.

Público e privado, individual e coletivo, mais do que generosos acessos, pisos e planos que em suas inflexões por meio de escadas e rampas, emolduram a grande cena do encontro: praças, varandas e galerias que trazem pela grande “rua interna” a cidade para dentro do teatro. O ponto alto do grande continuum urbano acontece neste sofisticado momento do espetáculo: o encontro da comunidade e sua maior interação.

Corte CC
Imagem do autor do projeto


A topografia do lote assumida desde o inicio não só racionaliza os custos da edificação como aperfeiçoa de forma evidente o dialogo com o entorno maior; uma nova paisagem recriada que amplia a leitura do lugar.

Esta estratégia de racionalizar os custos da edificação deve ser ainda considerada na  solução estrutural adotada com malha de pilares a cada 13 metros na maior parte das áreas.

Como conseqüência ainda desta tipologia abordaremos abaixo gráficos e considerações do conforto ambiental e das preocupações com a sustentabilidade da edificação.

A excessiva volumetria das caixas cênicas resultam portanto no grande pórtico visual, palco visto das avenidas e da rodoviária, acontecimento urbano que pelas laminas  soltas do chão, conduzem à expressão do significativo espaço, um ponto de interesse no contexto da cidade.

Corte DD
Imagem do autor do projeto

Corte EE
Imagem do autor do projeto

Corte FF
Imagem do autor do projeto

Planta foyer
Imagem do autor do projeto

Planta mezanino
Imagem do autor do projeto

Planta palcos
Imagem do autor do projeto


ficha técnica

Autor/responsável técnico
Arq. Paulo Henrique Paranhos

Colaboradores
Eder de Alencar
Ana Carolina Vaz
Hermes Romão
Marco Campos Porto
Matheus Resende
Thiago Pimentel

source
Equipe premiada
Brasília DF Brasil

comments

080.01 Concurso
abstracts
how to quote

languages

original: português

source
Organização do concurso
Londrina PR Brasil

share

080

newspaper


© 2000–2020 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided