Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

projects ISSN 2595-4245


abstracts

how to quote

PORTAL VITRUVIUS. Concurso Público Nacional de Arquitetura para Novas Tipologias de Habitação de Interesse Social Sustentáveis. Projetos, São Paulo, ano 11, n. 126.02, Vitruvius, jun. 2011 <https://www.vitruvius.com.br/revistas/read/projetos/11.126/3902>.


Mad SP

Como fazer surgir diferentes conjuntos habitacionais, com igual identidade visual e em distintos pontos do tecido urbano?

Como carimbar um elemento sem torná-lo repetitivo ou sobressalente ao entorno que o recebe?

Partindo do tema da implantação aleatória ou em série, foi armado um projeto segmentado, possível de moldar-se ao terreno conforme as diferentes combinações de suas partes.

O projeto é denominado MAD, pela característica de montagem à demanda.

Funciona como um jogo de peças possíveis de diferentes combinações.

É como uma padronização da construção executada em etapas, que configura os conhecidos “anexos” nas habitações populares. Nesse caso, porém, a expansão diz respeito ao conjunto e não às unidades. O projeto acrescenta a qualidade e valoriza a vitalidade da habitação de interesse social, buscando o melhor equilíbrio entre arquitetura, implantação, sustentabilidade e custos.

Trabalha-se com a estratégia de catálogo como principal conceito.

CatálogoA partir das distintas combinações das mesmas peças se obtém diversos resultados.Desta maneira, cada projeto, a partir dos requerimentos solicitados e pela sua implantação, passa a ser único. A utilização de poucas peças resulta na otimização de recursos e tempo e na simplificação dos processos construtivos.

Desta forma, se estabelecem quatro peças básicas e duas complementares, além de  sistema de infra-estrutura e circulações. Estes apartamentos ou unidades correspondem à quatro tipologias: dois dormitórios, dois dormitórios para deficiente físico, três dormitórios, três dormitórios para deficiente físico.

As mesmas poderão: configurar-se segundo estratégias pré-estabelecidas pelo empreendedor; atender a demanda; adaptar-se à maior quantidade de contextos e implantação possíveis.

O projeto prevê as ferramentas suficientes para compor implantações que potencializem a apropriação por parte dos usuários, chegando a um conjunto que  faça bom aproveitamento do condicionamento natural, que maximize a adaptabilidade das distintas topografias e portanto, que diminua os custos de implantação. A partir de poucos elementos tenta-se alcançar a maior versatilidade possível.

ficha técnica

Autores
PLAA:
Letícia Pezzin Fiebig
Sabrina da Rosa Machry
Sebastián Joaquín Rial Rigo

source

comments

126.02 Concurso
abstracts
how to quote

languages

original: português

source

share

126

126.01 crítica

Bagatelle

Eduardo Barra

126.03 entrevista

Conversa com Anna Julia Dietzsch

Abilio Guerra and Aline Alcântara Silva

126.04 professional

High Line Section 2

newspaper


© 2000–2019 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided