Seu navegador está desatualizado.

Para experimentar uma navegação mais interessante, recomendamos que você o atualize clicando em um dos links ao lado.
Todos são gratuitos e fáceis de instalar.

 
  • em vitruvius
    • em revistas
    • em jornal
  • \/
  •  

pesquisa

revistas

projetos ISSN 2595-4245


sinopses

português
A Sede do Instituto Socioambiental – ISA, recém premiada com menção honrosa no Prêmio Salmona 2016, foi projetado pelo escritório Brasil Arquitetura para abrigar atividades institucionais em um clima amazônico, úmido e quente.

como citar

PORTAL VITRUVIUS. Sede do Instituto Socioambiental – ISA. Projetos, São Paulo, ano 16, n. 191.01, Vitruvius, nov. 2016 <https://www.vitruvius.com.br/revistas/read/projetos/16.191/6284>.


A implantação da Sede do Instituto Socioambiental – ISA, entre o tecido urbano mais denso da cidade de São Gabriel da Cachoeira – cidade de 20.000 habitantes, de maioria indígena de 30 etnias, situada a 1.000km a noroeste de Manaus, na região amazônica de fronteira entre o Brasil, Colômbia e Venezuela – e a margem do Rio Negro, foi pensada justamente para evidenciar a possibilidade de se estabelecer uma relação mais gentil e amigável entre a ocupação humana e o meio ambiente, entre urbis e natureza. Um esforço de se contrapor à regra geral dominante nas cidades ribeirinhas de se construir de costas para as águas utilizando os rios como esgoto doméstico ou depósitos de lixo. Neste sentido, o edifício se abre à cidade como um equipamento democrático de uso público e coletivo, e também reverencia a paisagem natural – o rio com suas belas praias de areia branca e a grande extensão de mata amazônica a se perder de vista. A decisão de se implantar no último piso o grande espaço de convivência com um belvedere debruçado sobre a paisagem deixa claro o princípio adotado.

Instituto Socioambiental – ISA, São Gabriel da Cachoeira AM, 2006, escritório Brasil Arquitetura
Imagem divulgação

O projeto teve como fatores determinantes e até norteadores as dificuldades construtivas da região, devido ao seu isolamento, somadas às reduzidas opções de materiais. Como resultado, podemos dizer que chegamos a uma arquitetura bastante simples, sintética. O edifício é um cubo branco de 16mx16m, com três pavimentos, construído com técnicas tradicionais de alvenaria revestida e caiada. Uma “pele” de madeira o protege das fortes chuvas de vento amazônicas e uma grande cobertura de palha piaçava, material farto na região, proporciona-lhe conforto térmico, assemelhando-se à uma maloca indígena. Recorremos às habilidades da mão de obra indígena no trabalho com madeira e cipós para a cobertura e também para a estrutura periférica de 1,50m de largura que “veste” a construção central que, além de protegê-la das intempéries, abriga toda a circulação vertical e horizontal formando marquises, balcões e escadas. Desse modo, a vida no edifício se relaciona com o entorno o tempo todo, visualmente – ver e ser visto – e também construtivamente – o uso da madeira e da palha através técnicas locais.

Instituto Socioambiental – ISA, São Gabriel da Cachoeira AM, 2006, escritório Brasil Arquitetura
Imagem divulgação

O edifício do Instituto Socioambiental – ISA procura aliar e fundir todas as concepções espaciais ao programa de uso rico e variado proposto pelos dirigentes da instituição e pelos conselhos indígenas. Todo o pavimento térreo abriga um grande salão multiuso para trabalho, exposições, projeções, conferências e biblioteca, onde existe também um telecentro aberto à população gratuitamente; no pavimento intermediário, por sua vez, estão os apartamentos de pesquisadores e visitantes; enquanto no piso superior há a grande sala de convivência com um “redário” para descanso ou reuniões, cozinha coletiva e sala de baterias.

Instituto Socioambiental – ISA, São Gabriel da Cachoeira AM, 2006, escritório Brasil Arquitetura
Imagem divulgação

Instituto Socioambiental – ISA, São Gabriel da Cachoeira AM, 2006, escritório Brasil Arquitetura
Imagem divulgação

Com suas varandas, seu salão aberto e acolhedor no térreo, e seu terraço panorâmico na cobertura, podemos afirmar que todo o edifício é uma grande área de encontros de trabalho e lazer dos usuários e visitantes. Podemos afirmar ainda que todo o projeto, também em sua relação com a cidade e com a natureza, está fundado nos princípios da convivência.

Instituto Socioambiental – ISA, São Gabriel da Cachoeira AM, 2006, escritório Brasil Arquitetura
Foto divulgação

ficha técnica

projeto
Instituto Socioambiental – ISA
www.socioambiental.org

autores
Francisco Fanucci, Marcelo Ferraz
Com Anderson Freitas, Pedro Barros, Juliana Antunes
Escritório Brasil Arquitetura

colaboradores
Anne Dieterich, Cícero Ferraz Cruz, Gabriel Grinspum, Bruno Levy, Rodrigo Izecson

datas
Início do Projeto: 2000
Conclusão da Obra: 2006

programa
institucional

área
1083 m²

local
São Gabriel da Cachoeira AM

complementares
Promon Engenharia, Reka

construtora
GAD Engenharia

fotos
Daniel Ducci

comentários

191.01 institucional
sinopses
como citar

idiomas

original: português

fonte
Brasil Arquitetura
São Paulo SP Brasil

compartilhe

191

191.02 ampliación

Biblioteca Gerardo Anker

191.03 habitação unifamiliar

Residência Bento Noronha

jornal


© 2000–2020 Vitruvius
Todos os direitos reservados

As informações são sempre responsabilidade da fonte citada