Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

projects ISSN 2595-4245


abstracts

português
A proposta para a Câmara de Comércio e Artesanato de Hauts-de-France, vencedora em uma competição internacional, propôe um edifício como um novo portal da cidade como parte de uma operação urbana iniciada nos anos 1980.

english
The proposal for the Hauts-de-France Chamber of Commerce and Crafts, which won an international competition, proposes a building as a new city portal as part of an urban operation started in the 1980s.

español
La propuesta de la Cámara de Comercio y Artesanía de Hauts-de-France, que ganó un concurso internacional, propone un edificio como un nuevo portal de la ciudad como parte de una operación urbana iniciada en la década de 1980.

how to quote

PORTAL VITRUVIUS. Câmara de Comércio e Artesanato de Hauts-de-France. Projetos, São Paulo, ano 20, n. 229.02, Vitruvius, jan. 2020 <https://www.vitruvius.com.br/revistas/read/projetos/20.229/7606>.


Dando sequência à abertura de sua nova filial em Paris, a firma Holandesa Kaan Architecten, junto com o escritório francês Pranlas-Descour Architec & Associates – PDAA, apresenta a nova Câmara de Comércio e Artesanato de Hauts-de-France em Lille, França. A proposta, vencedora em uma competição internacional para o campus Eurartisanat, propôe um edifício como um novo portal da cidade como parte de uma operação urbana iniciada nos anos oitenta em conjunto com o distrito de Euralille, Euratechnologies and Eurasanté.

Câmara de Comércio e Artesanato de Hauts-de-France, mapa de conexões, Lille, França, 2019. Escritórios Kaan Architecten e Pranlas-Descours Architect & Associates
Imagem divulgação [Kaan Architecten / Pranlas-Descours Architect & Associates]

A Câmara de Comércio e Artesanato de Hauts-de-France está localizada ao longo do perímetro da antiga fortificação Vauban datada do século dezessete, uma área atualmente ocupada por um viaduto de alta velocidade. O limite Norte do terreno é definido por uma linha férrea e pelo jardim botânico Jardin des Plantes de Lille. Ao Sul, a Rue Abélard define o perímetro de um plano diretor mais abrangente desenvolvido pela Kaan Architecten e Pdaa, composto pela sede da CMA, cinco futuros edifícios e um parque exuberante cruzando o terreno como uma extensão do jardim botânico.

Câmara de Comércio e Artesanato de Hauts-de-France, mapa do entorno, Lille, França, 2019. Escritórios Kaan Architecten e Pranlas-Descours Architect & Associates
Imagem divulgação [Kaan Architecten / Pranlas-Descours Architect & Associates]

Através de uma estética minimalista, elegante e transparente, o edifício monolítico promove um gesto em relação à natureza circundante, reforçando o diálogo entre os diversos elementos do local.

Promovendo a horizontalidade, a Câmara de Comércio e Artesanato de Hauts-de-France se desenvolve em três pavimentos através da extrusão de uma planta de configuração quadrada com aresta medindo 80m num programa que inclui ambos, educação e espaços dedicados ao apoio para o artesanato. Cada pavimento estabelece uma forte relação com a paisagem verde: no primeiro pavimento, a Kaan Architecten e Pdaa propõem um balanço marcante que emoldura a visual cênica de Lille e seus jardins.

Câmara de Comércio e Artesanato de Hauts-de-France, esquema de conexão com a paisagem, Lille, França, 2019. Escritórios Kaan Architecten e Pranlas-Descours Architect & Associates
Imagem divulgação [Kaan Architecten / Pranlas-Descours Architect & Associates]

O edifício possui duas praças públicas em níveis diferentes. No térreo, está localizada a nova Place des Artisans (ao Sul), enquanto que um grande terraço ao Norte do primeiro pavimento alinha o projeto à Rue du Faubourg d`Arras e conecta-se à mesma por uma ponte. Ambos os acessos públicos são vinculados por uma sequência de espaços representativos: a praça Sul, hall de entrada, o auditório e seu foyer, assim como uma grande abertura sentido o terraço Norte. Além do mais, cada acesso serve os dois espaços centrais: o centro de treinamento do aprendiz e os escritórios de apoio aos negócios do artesanato.

Câmara de Comércio e Artesanato de Hauts-de-France, diagrama de distribuição do programa, Lille, França, 2019. Escritórios Kaan Architecten e Pranlas-Descours Architect & Associates
Imagem divulgação [Kaan Architecten / Pranlas-Descours Architect & Associates]

Câmara de Comércio e Artesanato de Hauts-de-France, diagrama de distribuição do programa, Lille, França, 2019. Escritórios Kaan Architecten e Pranlas-Descours Architect & Associates
Imagem divulgação [Kaan Architecten / Pranlas-Descours Architect & Associates]

A Câmara de Comércio e Artesanato de Hauts-de-France está organizada simetricamente ao redor de seis pátios que promovem a iluminação natural nas áreas de circulação e fragmenta a edificação em quatro núcleos que hospedam os diferentes domínios pelos três pavimentos. As funções variam entre administração local e regional; pesquisa a instalações educacionais (escola para cabeleireiros, escola de gastronomia, laboratórios, salas de aula). O novo edifício funciona como espinha dorsal tanto para a Chambre como para as escolas de treinamento que anteriormente estavam espalhadas no centro histórico de Lille.

Visando promover sinergia entre o tecido urbano e a paisagem, os arquitetos deram muita atenção ao uso de materiais naturais: pedra e vidro. O térreo e segundo pavimento são vedados através de uma fachada composta por painéis modulares em vidro, e uma janela interna em alumínio polido que pode ser aberta, além de um painel externo em vidro com uma camada impressa refletiva que gradualmente se extenua revelando uma zona totalmente translúcida ao nível do observador. Simultaneamente, o efeito aproxima a edificação de seu contexto.

Câmara de Comércio e Artesanato de Hauts-de-France, esquema de iluminação natural, Lille, França, 2019. Escritórios Kaan Architecten e Pranlas-Descours Architect & Associates
Imagem divulgação [Kaan Architecten / Pranlas-Descours Architect & Associates]

Além do mais, as fachadas do pátio possuem grandes janelas em alumínio polido revestidas em Quarzito de Vals, um material muito rígido, compacto e resistente ao congelamento importado diretamente da Suíça. A mesma pedra foi aplicada nos pisos do pátio assim como no hall de entrada para fortalecer o vínculo entre exterior e interior.

Através de uma materialização encorpada, a Câmara de Comércio e Artesanato de Hauts-de-France visa articular, absorver e refletir a paisagem circundante e sobressair-se como novo elemento icônico como uma paisagem inabitada dedicada à esfera pública.

Câmara de Comércio e Artesanato de Hauts-de-France, Lille, França, 2019. Escritórios Kaan Architecten e Pranlas-Descours Architect & Associates
Foto Fernando Guerra / FG+SG

A Chambre de Métiers et de l'Artisanat, juntamento com o Institut des Sciences Moléculaires em Orsay – Ismo, revela dois dos mais recentes projetos da Kaan Architecten na França. Dois grandes complexos de uso misto estão atualmente em fase final de construção: um próximo à região da EuraTechnologies em Lille, a outra na ZAC Bottière-Chérnai em Nantes. Enquanto isso, um complexo de escritórios em Aubervillies em Paris encontra-se em fase de concepção e visa revitalisar a área de logística na fronteira da cidade.

Em paralelo à Câmara de Comércio e Artesanato de Hauts-de-France, a firma Pdaa recentemente inaugurou o projeto Black Diamond que consiste em um parque de estacionamento, escritórios e núcleo esportivo. O projeto venceu o prêmio ADC na categoria uso misto deste ano. A PDAA está atualmente desenvolvendo vários projetos tanto na escala da edificação como em urbanismo. Entre estes destaca-se o empreendimento Satory em Versailles, um dos principais projetos na grande Paris (550.000 m² de projeto urbano, 12 hectares de parque e pistas para teste).

Câmara de Comércio e Artesanato de Hauts-de-France, Lille, França, 2019. Escritórios Kaan Architecten e Pranlas-Descours Architect & Associates
Foto Fernando Guerra / FG+SG

 

ficha técnica

projeto
Câmara de Comércio e Artesanato de Hauts-de-France

local
Lille, França

ano
Concurso: 2007
Projeto: 2013
Construção: 2019

arquitetura
Christophe Banderier, Delphine Bresson, Louise de Chatellus, Sebastian van Damme, Gustav Ducloz, Paolo Faleschini, Raluca Firicel, Marylene Gallon, Michael Geensen, Renata Gilio, Julie Heathcote-Smith, Kees Kaan, Maud Minault, Hannes Ochmann, Vincent Panhuysen, Fabien Pinault, Ismael Planelles, Jean Pierre Pranlas-Descours, Ana Rivero Esteban, Anne Roullet, Dikkie Scipio e Marianne Seyhan (equipe) / Kaan Architecten / Pranlas-Descours Architect & Associates

cliente
Chambre de Métiers et de l'Artisanat Hauts-De-France, Lille

área
Total: 14.800 sqm
Parque: 2 hectares

canteiro de obras
Urbatec, Bussy-Saint-Georges

paisagismo
TN+, Paris

comments

229.02 institucional
abstracts
how to quote

languages

original: português

source

share

229

229.01 institucional

Ágora Tech Park

Francesco Perrotta-Bosch

229.03 projeto residencial

Casa Mipibu

229.04 residencial

Casa Schendel

newspaper


© 2000–2020 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided