Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

projects ISSN 2595-4245


abstracts

português
Ao propor uma composição equilibrada de volumes e reunir programas de uso misto e espaços públicos, o Bottière Chénaie, projeto do Kaan Architecten, cria um segundo ponto focal urbano em um bairro predominantemente residencial.

english
Proposing a balanced composition of volumes and bringing together mixed-use programs and public spaces, Bottière Chénaie, a project by Kaan Architecten, creates a second urban focal point in a predominantly residential neighborhood.

français
Proposant une composition équilibrée des volumes et en associant des programmes mixtes et des espaces publics, Bottière Chénaie, un projet de Kaan Architecten, crée un deuxième pôle urbain dans un quartier à dominante résidentielle.

how to quote

PORTAL VITRUVIUS. Bottière Chénaie em Nantes. Edifício compacto de uso misto com atmosfera residencial. Projetos, São Paulo, ano 20, n. 232.01, Vitruvius, abr. 2020 <https://www.vitruvius.com.br/revistas/read/projetos/20.232/7719>.


Cercado por infraestruturas existentes, como um bonde, uma antiga linha ferroviária e a principal artéria da Route de Sainte Luce, o local parece inicialmente isolado dos arredores. Ao propor uma composição equilibrada de volumes e reunir programas de uso misto e espaços públicos, o Kaan Architecten cria um segundo ponto focal urbano, juntamente com a Place du Commandant Cousteau, em um bairro predominantemente residencial.

Bottière Chénaie, diagramas, Nantes, França, 2019. Arquitetos Kees Kaan, Vincent Panhuysen, Dikkie Scipio (autores) / Kaan Architecten
Imagem divulgação/ disclosure image/ divulgation [Kaan Architecten]

Extremamente compacto, o projeto apresenta um pedestal multifuncional, composto por espaços comerciais, um supermercado e um estacionamento. Acima dessa base, existem dois blocos residenciais de cinco andares com um total de 172 apartamentos. O primeiro volume é dedicado à habitação com valor de mercado, enquanto o segundo abriga um complexo de habitação social.

Bottière Chénaie, diagrama, Nantes, França, 2019. Arquitetos Kees Kaan, Vincent Panhuysen, Dikkie Scipio (autores) / Kaan Architecten
Imagem divulgação/ disclosure image/ divulgation [Kaan Architecten]

Para o Noroeste, o maior volume de moradias se desdobra em torno de um amplo pátio plantado com árvores, onde passarelas externas com vista para o verde envolvente fornecem acesso aos apartamentos de dois aspectos. Inspirada na tradição da arquitetura residencial holandesa, esta solução de circulação é adaptada ao seu contexto e minimiza as conexões verticais, permitindo diversas configurações às unidades habitacionais – desde espaços externos privados a galerias com áreas de estar. Além disso, essas anomalias de orientação são ladeadas por poços de luz que espalham a luz natural do dia para os andares inferiores: uma ruptura vertical que gera espaços informais para promover a socialização dos moradores.

Bottière Chénaie, Nantes, França, 2019. Arquitetos Kees Kaan, Vincent Panhuysen, Dikkie Scipio (autores) / Kaan Architecten
Foto/ photo Sebastian van Damme

A Leste, o segundo volume acomoda 39 apartamentos de habitação social, os quais, de acordo com sua posição, se beneficiam de uma dupla orientação, tipologia diferente de galerias e vista para as árvores ou para a cidade. Por fim, a Sudoeste, o bloco de escritórios, organizado em torno de um núcleo central, reforça a justaposição de volume e completa a nova paisagem urbana.

Bottière Chénaie, Nantes, França, 2019. Arquitetos Kees Kaan, Vincent Panhuysen, Dikkie Scipio (autores) / Kaan Architecten
Foto/ photo Sebastian van Damme

Monumental em sua consistência, a massa simples de Bottière Chénaie é acompanhada por um repertório coeso de superfícies.

Bottière Chénaie, diagrama, Nantes, França, 2019. Arquitetos Kees Kaan, Vincent Panhuysen, Dikkie Scipio (autores) / Kaan Architecten
Imagem divulgação/ disclosure image/ divulgation [Kaan Architecten]

Monolítico à primeira vista, o projeto é enriquecido por fachadas de alta qualidade compostas por uma estrutura pós-viga regular de 60 x 60 cm em concreto pré-moldado, que gera grandes superfícies transparentes e cantos totalmente envidraçados. A compacidade do projeto permitiu a otimização de padrões econômicos e recomendações ambientais em todo o processo de construção. As fachadas fornecem luz do dia abundante para os interiores e as ligam naturalmente à cidade, durante o dia e à noite. Em direção aos pátios e passarelas, as superfícies verticais são revestidas em madeira manchada de cinza, proporcionando uma sensação doméstica característica e reforçando a dualidade entre o exterior e o interior, elevando o espaço público interno como o coração pulsante do projeto.

Bottière Chénaie, Nantes, França, 2019. Arquitetos Kees Kaan, Vincent Panhuysen, Dikkie Scipio (autores) / Kaan Architecten
Foto/ photo Sebastian van Damme

Graças a uma escolha meticulosa de materiais, um ajuste de cores equilibrado, design funcional e atenção aos detalhes, a Kaan Architecten molda a nova identidade da vizinhança com uma intervenção elegante, transformando-a em um centro atraente que combina impecavelmente nos subúrbios em crescimento de Nantes.

Bottière Chénaie, Nantes, França, 2019. Arquitetos Kees Kaan, Vincent Panhuysen, Dikkie Scipio (autores) / Kaan Architecten
Foto/ photo Sebastian van Damme

ficha técnica

projeto
Bottière Chénaie

local
190 Route de Sainte Luce, 44300 Nantes, França

ano
Concurso:2013
Projeto: 2016
Conclusão: 2019

arquitetura
Kees Kaan, Vincent Panhuysen, Dikkie Scipio (autores), Dante Borgo, Sebastiaan Buitenhuis, Marc Coma, Sebastian van Damme, Paolo Faleschini, Marylène Gallon, Renata Gilio, Narine Gyulkhasyan, Sophie Ize, Jan Teunis ten Kate, Wouter Langeveld, Julie Le Baud, Yinghao Lin, Aimee Mackenzie, Elsa Marchal, Ismael Planelles Naya, Ana Rivero Esteban, Cécile Sanchez, Yannick Signani, Christian Sluijmer, Joeri Spijkers (equipe) / Kaan Architecten

arquiteto local
Atelier Forny

planejamento urbano
Pranlas-Descours Architect & Associates, Atelier Bruel Delmar

cliente
OCDL – Groupe Giboire

área
17.200 m²

consultoria construtiva, financeira, instalações prediais e engenharia estrutural
AIA Ingenierie

estrutura
Ouest Structure

comments

232.01 uso misto
abstracts
how to quote

languages

original: português

outros: français english

source

share

232

232.02 habitação de interesse social

Habitacional Humuarana

newspaper


© 2000–2020 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided